Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias / Geral

Presidente do Cref diz que pelo menos 30% das academias não conseguirão reabrir

Da Redação - Isabela Mercuri

19 Mai 2020 - 11:34

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Presidente do Cref diz que pelo menos 30% das academias não conseguirão reabrir
Fechadas em Cuiabá há dois meses, e também em outras cidades do estado, as academias de Mato Grosso passam por situação de “penúria”, e pelo menos 30% das registradas não vão conseguir reabrir quando for possível, devido à acentuada crise econômica. Diante deste cenário, o presidente do Conselho Regional de Educação Física Carlos Alberto Eilert protocolou, na quinta-feira (14), mais um pedido de reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia também:
Corte de 50% da verba do Governo Federal causa demissão de 200 funcionários da Fiemt
 
A ideia da reunião seria, além de apresentar a situação da capital, discutir o decreto presidencial 10.344, de 11 de maio de 2020, que incluiu as academias (além de salões de beleza e barbearias) como atividades essenciais. Até agora, o Cref já protocolou diversos documentos com as normas de biossegurança para o setor, mas não há resposta da prefeitura de Cuiabá. Em Várzea Grande, foi permitida a abertura desde o dia 4 de maio.
 
“Hoje o estado de Mato Frosso tem 740 academias registradas e mais de 1500 profissionais registrados no sistema, entre professores de escola, personais, enfim. Logo no início da pandemia, que ia começar o Covid, nós protocolizamos as normas de biossegurança pra sensibilizar o governo estadual e municipais, principalmente de Cuiabá”, explicou Carlos ao Olhar Direto. “Na última semana de abril nós fizemos uma nova reunião com o Marcos Brito, procurador Geral do Município, com as recomendações de biossegurança, e também houve uma reunião entre donos de academias e  Allan Kardec, secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer”.
 
Com Emanuel Pinheiro, no entanto, o Cref não conseguiu se reunir. O prefeito recebeu, no final do mês de abril, o empresário Amir Malf, franqueado da rede SmartFit. Mesmo assim, e depois do decreto presidencial, o prefeito afirmou que não iria reabrir shoppings e academias para agradar empresários.
 
Para o presidente do Cref, esta é, na realidade, uma questão de saúde pública. “Acho que hoje uma academia está muito melhor, mais bem preparada, e essa é uma mudança cultural que vai fazer o praticamente da atividade física e o dono da academia oferecer a garantia de melhor qualidade de vida. A academia não é para embelezamento, é para fazer a prática de esportes e promover saúde”, afirma.
 
Apesar da necessidade de discussão, Carlos lembra que o conselho “não abre nem fecha academia”, e que sua principal função é fiscalizar, o que poderiam fazer caso elas fossem reabertas. “Hoje a situação é de penúria, estão em situação de penúria tanto as academias quanto os profissionais”, lamenta. “Com muito custo nós conseguimos que os profissionais fossem inseridos no auxilio emergencial do governo”, afirma. “Nosso objetivo é ajudar o cidadão”.
 

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Felipe
    21 Mai 2020 às 08:59

    Que falta faz um governo que realmente se importe com o empresariado brasileiro.

  • Sandro
    20 Mai 2020 às 07:36

    Texto cheio de erros e faltando letras...

  • Flavinho da Rua pedra preta Cpa
    19 Mai 2020 às 14:38

    Economia se recupera. Vidas não.

  • Bispa Maria Alice
    19 Mai 2020 às 14:37

    Mi-mi-mi de empresários coxinhas...

  • Soparaos grandes
    19 Mai 2020 às 14:37

    Ótima.noticia para a smartfit vai ser a única em pé pós pandemia os pequenos já era. Esse é o governo que todos querem .

  • Jagunço do Mato
    19 Mai 2020 às 13:56

    Ainda dá tempo de completar meu ciclinho. Tava carregano garrafão dágua lá em casa. Acho que agora vai!

  • arruda
    19 Mai 2020 às 12:57

    Academias e escolas são as mais perigosas para contrair esse virus, não vão aguentar controlar todas as pessoas, se reabrir pode ser perigoso. A não ser se abre mais com turmas alternadas em horarios, ai sim, so não pode ficar tumutuados.

  • paes
    19 Mai 2020 às 12:41

    Eu vejo que pós pandemia, a lei terá que ser revista em nível constitucional. isso é um absurdo, governadores, prefeitos ter mais poder que o presidente da republica. afinal a lei federal não sobrepõe as estaduais e municipais?

  • cidadão
    19 Mai 2020 às 12:11

    Procurador Geral do Município, quer dizer que está procurando o Município...???

  • Anderson
    19 Mai 2020 às 11:55

    Prefeito no mínimo mal educado e incompetente! Onde ja se viu? Sequer responde oficios e nao quer se reunir com a categoria! Tá querendo é um pico eterno enquanto tiver dinheiro federal na cidade! Agora do da smart Fit ele recebe! cara de pau!

Sitevip Internet