Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias / Agronegócio

Com Temer

Maggi anuncia aumento na exportação de carne para a China; acordo foi firmado durante visita ao país

Da Redação - André Garcia Santana

01 Set 2017 - 11:17

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Maggi anuncia aumento na exportação de carne para a China; acordo foi firmado durante visita ao país
Após uma série de viagens e rodadas de negociações, a China anunciou que irá ampliar a compra de carne brasileira. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira (01), pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), que destacou a fala do secretário-geral do país, Xi Jiping, que classificou o Brasil como parceiro preferencial do comércio chinês.

Leia mais:
Novacki recebe homenagem no RS e pede que agronegócio brasileiro mantenha foco para chegar a 10% do mercado

Em busca de investidores para o pacote de concessões do governo federal,  opresidente Michel Temer (PMDB) e ao ministro Blairo Maggi, uma equipe brasileira está em visita oficial à China. “Depois de muitas viagens e reuniões agora a liderança do presidente Temer, recebemos finalmente a ótima notícia de que vamos poder exportar mais carnes para a China”, disse o ministro.

De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto, Temer e o colega chinês assinaram 14 atos internacionais no encontro desta sexta, dos quais uma parte é de acordos bilaterais entre os dois países e outra de acordos privados, que, de acordo com o governo brasileiro, devem gerar negócios e investimentos no Brasil. No total, o setor privado assinou oito atos.

Entre as ações, foram fechados acordos para facilitação de vistos de turismo e de negócios entre os dois países. Outro ato prevê uma parceria para coprodução cinematográfica entre Brasil e China. Na ocasião, também foi assinado um memorando de entendimento sobre comércio eletrônico.Entre os atos do setor privado, foram assinados o licenciamento da Fase 2 da Usina de Belo Monte e um memorando de entendimento entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Associação Chinesa de Futebol (CFA) sobre cooperação no esporte.

Também foi fechado um acordo-quadro entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Sinosure para prestação de garantias a investidores chineses no Brasil e um contrato de financiamento da China Communication and Construction Company (CCCC) para construção do Terminal de Uso Privado no Porto de São Luís com investimento no valor de US$ 700 milhões. Foi ainda assinado memorando de entendimento para a construção de Angra 3. No total, o setor privado assinou oito atos.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet