Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias / Agronegócio

Multinacional de fertilizantes vê preços dos alimentos dando suporte aos insumos

Victoria Klesty - Reuters

19 Out 2012 - 17:52

Os altos preços dos alimentos após uma forte seca darão suporte global aos mercados de fertilizantes, mesmo que produtores europeus continuem adiando suas compras, disse a empresa de fertilizantes Yara.

Os preços globais dos alimentos continuaram elevados durante o trimestre passado, aumentando os incentivos dos produtores para comprar e usar fertilizantes, mas os produtos chineses mais baratos pressionaram os preços de fertilizantes nitrogenados e prejudicaram os lucros da Yara apesar da maior produção.

A companhia norueguesa, no entanto, espera que uma combinação de fertilizantes de menor custo e grãos mais caros aumente as margens dos produtores e incentive-os a aplicar mais fertilizantes na próxima temporada.

"Incentivos pré-compras para a nova temporada são significativamente mais fortes que há um ano", disse em comunicado nesta sexta-feira.

O principal mercado da Yara, a União Europeia, deverá ver, no entanto, novos atrasos de compras por produtores antes da principal temporada de aplicação de fertilizantes, disse o diretor-executivo Joergen Haslestad.

"Apesar do aumento dos preços dos grãos e melhores margens agrícolas, os compradores na Europa continuam cautelosos, parcialmente influenciados pelo ambiente macroeconômico negativo", disse a Yara.

A companhia disse que os preços médios eram inferiores no terceiro trimestre para todos os grupos de produtos, mas as entregas estava 4 por cento acima quando comparadas ao ano passado.

"Entregas mais baixas de nitrato europeu foram parcialmente compensadas por um crescimento mais forte das vendas de nitrato no Brasil", disse a Yara.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet