Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias / Geral

BOLSA DE CHICAGO

Soja fecha acima de US$ 15 e com ganhos de até 38 pontos nos contratos de curto prazo

para os negócios fechados para janeiro de 2013 deram a melhor margem do dia, com saldo de 38 pontos e a soja cravada a US$ 15.462. Para março e maio, os ganhos foram de 35.4 centavos/bushel e 30.2, respectivamente.

De Sinop - Alexandre Alves

18 Out 2012 - 16:43

Foto: CBOT

Movimentação do pregão da CBOT nesta quinta-feira

Movimentação do pregão da CBOT nesta quinta-feira

Os negócios para quem vendeu soja na Bolsa de Chicago (CBT) nesta quinta-feira (18) foram lucrativos, já que o preço da oleaginosa encerrou o pregão em US$ 15.454 por bushel para os contratos do mês de novembro – ganho de 36.2 centavos de dólar em relação ao fechamento do pregão anterior.

Já  os negócios fechados para janeiro de 2013 deram a melhor margem do dia, com saldo de 38 pontos e a soja cotada a US$ 15.462. Para março e maio, os ganhos foram de 35.4 centavos/bushel e 30.2, respectivamente.

De acordo com o analista de mercado da DTN e comentarista da CBOT, David Fiala, os bons preços desta quinta-feira estão fundamentados. “China deve continuar muito ativa no curto prazo. As margens de esmagamento têm melhorado nos últimos dias também”, comenta.

O analista ainda descreve que na América do Sul o tempo é bom para o momento, mas há indícios de secura longo prazo em algumas das áreas chave de crescimento, com a previsão geral mais seco do que no início da semana. “As vendas foram um pouco de luz, mas o mercado ainda vê boa demanda global”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet