Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Agronegócio

Safra europeia de grãos recua para 281 milhões de toneladas

Folha de S.Paulo

03 Out 2012 - 08:09

A safra de grãos da União Europeia deverá recuar para 281 milhões de toneladas em 2012/13, uma queda de 2% em relação ao volume de 287 milhões do período anterior.

Assim como ocorreu nos Estados Unidos e na Rússia, parte das lavouras da Europa, principalmente as do sul do continente, foram afetadas por falta de chuva.

Um dos problemas dessa queda é que os países mais afetados são os que já sofrem os maiores problemas econômicos na região.

A produção espanhola de grãos, por exemplo, deverá recuar para 16,6 milhões de toneladas, bem abaixo dos 21,1 milhões de 2011/12.

A queda ocorre mesmo com o aumento de área plantada, que foi a 6 milhões de hectares, 5% mais do que na safra anterior. As principais reduções de produção foram de trigo, aveia e cevada.

A produção italiana recua para 16,9 milhões de toneladas, contra 18,1 milhões em 2011/12. A safra de milho despencou de 10,2 milhões de toneladas no ano passado para apenas 7,7 milhões neste.

A exemplo da Espanha, apesar da queda na produção, a Itália também teve uma elevação da área semeada.
Os dados de safra são da Copa e da Cogeca, entidades que reúnem produtores e cooperativas da Europa.

Os dados das entidades mostram que um dos principais problemas para os europeus foi a queda de 10% na produção de milho.

Os 27 países integrantes da comunidade tiveram uma safra de apenas 61 milhões de toneladas, 7 milhões menos do que o volume do período anterior.

Essa queda ocorre em um momento difícil para os consumidores do cereal, principalmente para o setor de produção de carnes.

A seca nos Estados Unidos elevou os preços dos grãos para patamares recordes neste ano, onerando ainda mais o custo mundial de produção de carnes
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet