Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias / Meio Ambiente

Alunos do Ensino Médio apresentam projetos de sustentabilidade

Da Assessoria/Seduc-MT

24 Set 2012 - 16:01

Alternativas sustentáveis, de baixo valor agregado e que possibilitem mudanças comportamentais frente às questões ambientais ganharam vida por meio de 42 projetos desenvolvidos pelos estudantes do Ensino Médio Inovador da Escola Estadual Liceu Cuiabano Maria de Arruda Muller.

Ao longo de seis meses e atuando sob a temática do eixo gerador ‘Terra: Resolvendo os Problemas do Mundo’, os 1.580 estudantes puderam pesquisar, desenvolver, refletir, construir e aperfeiçoar possibilidades para a melhoria da vida do ser humano, mas em consonância ao meio ambiente. Todos os projetos foram apresentados à comunidade durante a 4ª edição de uma Feira Científica, realizada durante o fim de semana.

Um dos exemplos apresentados foi o Ecotelhado, que na sua pesquisa teve a participação de 37 estudantes, em todas as áreas do conhecimento. A ideia original nasceu no Rio Grande do Sul, mas a versão cuiabana teve o valor de custeio barateado, mas com a mesma eficácia. O Ecotelhado possibilita a jardinagem em ambientes suspensos.

“Nós empregamos materiais mais econômicos, mas como a mesma eficácia e conseguimos reduzir os custos. O metro quadrado pode ser adquirido pelo valor de R$ 19,90. É interessante dizer que esse é um processo antigo, que era empregado com palha trançada para dar a sustentação a grama, o que hoje é feito com membrana de raiz”, explica a estudante Mayara Martins, do 3º ano.

Outra boa ideia apresentada trata-se do tijolo criado a partir de resíduos de construção. ‘Apesar de ter um custo 35% maior do que o tijolo comum ele termina barateando a obra já que não exige reboco porque seu aspecto é linear e para sua vedaçãoé exigida apenas uma cola e não o cimento”. A explicação é do estudante Fabrício Martins, de 16 anos, do 2º ano do Ensino Médio, Olavo Henrique Demarchi, 18 anos.

Para o diretor da unidade escolar, Alceu Trentin, o processo pedagógico possui reflexos extremamente positivos. ‘Reflete diretamente no ambiente escolar, mas não se limita a esse espaço. “Descobrimos verdadeiros talentos e muitas ideias acabam sendo levadas para outros espaços de conhecimento”.

Ele conta ainda que 2012 é o primeiro ano em que a unidade escolar disponibiliza o Ensino Médio Inovador nos três períodos de funcionamento. “Com a carga horária ampliada para mil horas, eles podem pesquisar mais, podem construir o conhecimento e não se limitam a conteúdos formais. O nível dos projetos, as pesquisas apresentadas evidenciam o interesse das turmas".
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet