Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 12 de maio de 2021

Notícias / Agronegócio

Projeto auxilia produtores com indicadores de gestão da propriedade

Aprosoja

14 Set 2012 - 19:29

Os produtores mato-grossenses estão se tornando, a cada dia, mais profissionais. Prova disso é a adesão ao Referência, projeto da Aprosoja para gerenciamento das propriedades rurais que fornece um software para inserção de indicadores que, posteriormente, poderão ser analisados. Por ano, cerca de 40 produtores ingressam neste projeto voluntariamente. Atualmente, são 108 propriedades rurais participantes em 32 municípios de Mato Grosso. “Cada vez mais o produtor precisa gerir o seu negócio de forma clara e eficiente, não há mais espaço para amadorismo”, disse o presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro.


Na manhã desta quinta (13) foram apresentados os resultados do projeto em uma reunião com os produtores. A partir do monitoramento dos indicadores de gestão de cada propriedade participante é possível criar um banco de práticas de gestão que poderá ser acessado por cada participante, mas sem revelar a identidade das propriedades. Assim, cria-se uma rede de difusão de informações gerenciais sobre a produção agrícola e cada empresário rural pode avaliar se está indo bem ou mal, conforme a média de sua região.

O produtor rural Eguiberto Adelar Gabe, do município de Feliz Natal, está satisfeito com o projeto e orgulha-se em dizer que sua propriedade, de 700 hectares, produz bem acima da média de seu grupo no Referência. Desde que ingressou no projeto, ele conseguiu identificar que estava investindo muito no patrimônio imobilizado e pouco em tecnologia. “Como decidimos plantar a segunda safra em área total compramos mais máquinas e deixamos de lado os investimentos em barracões”, exemplificou.

Carlos Fávaro também ressalta que a avaliação de cada indicador pelos proprietários rurais é importante para saber qual passo dar em relação à próxima safra. “Fica claro, ao analisarmos os dados do projeto, que nem sempre quem produz mais tem mais lucro. O produtor precisa comprar bem, gerir bem as aplicações e os gastos dentro da sua fazenda”, disse.

Para o gerente de Planejamento da Aprosoja, Cid Sanches, além da informatização das propriedades rurais, o projeto Referência também está fazendo com que as famílias se envolvam nos negócios. “Os filhos que não tinham vocação ou vontade de trabalhar na propriedade agora podem atuar no gerenciamento da empresa rural, assim como os pais que preferem estar na lavoura podem delegar esse trabalho para os filhos”, explicou.

Projeto – O projeto Referência foi implantado há cinco anos. Na época, apenas 39 produtores rurais participaram e uma área de 66 mil hectares foi monitorada. Na safra 2011/12, foram mais de 267 mil hectares monitorados em 108 propriedades. A produtividade média da safra de soja dos participantes do Referência ficou em 54,3 sacas por hectare.

Confira aqui a reportagem sobre o Projeto Referência exibida nesta sexta (14) no Bom Dia Mato Grosso.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet