Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Notícias | Geral

melhor projeção

Mato Grosso reduz perda em 29%, mas deve ter prejuízo de R$ 37 bilhões no agronegócio

Foto: reprodução

Mato Grosso reduz perda em 29%, mas deve ter prejuízo de R$ 37 bilhões no agronegócio
Dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), da terceira estimativa, apontam que Mato Grosso deve sofrer uma queda de R$ 37,95 bilhões na movimentação financeira na agricultura e pecuária em 2024. O estado obteve uma redução do prejuízo de 29% diante da previsão da perda de R$ 53,91 bilhões que estava prevista para este ano.


Leia também:
"Não tem nenhuma chance de dar certo", diz ex-presidente do 'Banco do Brics' sobre taxação dos super-ricos

Na segunda estimativa, divulgada pelo instituto em abril deste ano, a previsão era que o estado perderia cerca de R$ 53,91 bilhões em comparação com 2023, tendo a movimentação financeira de R$ 148,60 bilhões. No ano passado, foi registrada movimentação de cerca de R$ 200 bilhões.

Os novos dados que foram divulgados, na segunda-feira (1) apontam que Mato Grosso deve movimentar R$ 163,25 bilhões com a agricultura e pecuária. O estado conseguiu reduzir o valor para R$ 37,95 bilhões.

"Este recuo foi reflexo da queda substancial nos preços das principais commodities, o que teve um impacto significativo no resultado final", diz trecho do relatório.

Dos R$ 163,25 bilhões movimentados, 80,70% é decorrente da agricultura e 19,30% da pecuária.

Na terceira estimativa, o milho foi o grão que mais apresentou recuo totalizando 28,95%. A expectativa é de que seja movimentado R$ 28,59 bilhões. Em abril, os dados apontaram a movimentação de R$ 24,67 bilhões.

Outras culturas

Em relação à cultura da soja, o estado deve movimentar R$ 73,14 bilhões. O valor é superior ao estimado em abril pelo instituto que apontou a movimentação de R$ 67 bilhões.

O instituto apontou que a oleaginosa sofreu uma queda na produção e teve dificuldade com à queda dos preços.

Já com relação ao algodão, foi apontado que o cenário é atribuído à expressiva desvalorização das cotações da pluma em Mato Grosso, resultado da expectativa de aumento na oferta do produto.

Na segunda estimativa, os dados apontaram que a pluma deveria movimentar R$ 23 bilhões em 2024. O novo levantamento estimou a movimentação de R$ 25,12 bilhões. 

Pecuária

Já na bovinocultura de corte, foi encontrado um avanço na movimentação financeira. A expectativa é de que o estado movimenta R$ 26,38 bilhões com a produção na 

Com o crescimento no volume de carne suína exportada por Mato Grosso, o estado deve movimentar R$ 2,028 bilhões.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet