Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Notícias | Agronegócio

Política Agrícola

Aprosoja-MT declara que adiamento do Plano Safra mostra "desorganização e incompetência do atual governo"

Foto: Reprodução

Aprosoja-MT declara que adiamento do Plano Safra mostra
A  Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) vê com maus olhos o anúncio do governo federal em adiar o lançamento do Plano Safra 2024/25. O anúncio do programa estava previsto para ser realizado nesta quarta-feira (26) em Rondonópolis (MT), mas foi adiado pelo governo e deve ser aprensentado na próxima quarta-feira (03), no Palácio do Planalto.


Leia também:
Governo Federal adia lançamento do Plano Safra após reunião com Lula; veja nova data

Para o presidente da entidade, Lucas Costa Beber, o adiamento “mostra desorganização e incompetência do atual governo para gerenciar as políticas agrícolas do nosso país, colocando em risco o Produto Interno Bruto (PIB) e a economia, além de prejudicar os produtores e o planejamento para a próxima safra”.

Lucas Costa Beber acredita que o adiamento governamental pode forçar os agricultores a buscar crédito para iniciar o plantio da safra de soja, a juros mais altos e fora dos recursos subvencionados. A decisão também poderia atrasar o planejamento da safra, prejudicando a entrega dos produtos e do plantio.

De acordo com o Ministério da Agricultura, os produtores mato-grossenses podem iniciar o plantio da soja a partir do dia 6 de setembro. O lançamento do Plano Safra 2024/25 foi adiado, em apenas uma semana, devido à conflitos na agenda do presidente Lula, e deve ser apresentado no dia 03 de julho em Brasília, no Palácio do Planalto. 

Apesar do curto período para a nova data, o presidente da Aprosoja-MT, assim como outros representantes da área, declararam o descontentamento. “Esse atraso no plano safra mostra mais uma vez a falta de comprometimento do governo, dos ministérios, todos que fazem parte na organização e elaboração do Plano Safra brasileiro, sendo que a agricultura tem sido responsável pelo superávit na balança primária e também pela elevação do PIB no Brasil”, conclui Lucas Costa.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet