Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Notícias | Agronegócio

CONVOCADO POR LULA

Fávaro cita questão climática e prevê medidas do governo para reduzir preço dos alimentos

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Lula com os ministros Rui Costa (Casa Civil), Fernando Haddad (Fazenda), Carlos Fávaro (Agricultura e Pecuária), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e o diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto

Lula com os ministros Rui Costa (Casa Civil), Fernando Haddad (Fazenda), Carlos Fávaro (Agricultura e Pecuária), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e o diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto

Convocado pelo presidente Lula (PT) para debater os preços dos alimentos no país, nesta quinta-feira (14), o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (PSD), afirmou que o governo prepara medidas de incentivo ao Plano Safra para aumentar a produção. Na reunião, que contou com outros ministros, o executivo atribuiu a questões climáticas a alta no preço.


Leia também
Rosa Neide diz que desistiu de candidatura para evitar 'enfrentamento' no PT de Cuiabá


Fávaro e o ministro Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário) afirmaram que o governo espera uma redução até abril.

Alimentação e bebida foi um dos grupos cujos preços subiram em fevereiro, conforme o índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O IBGE informou que a inflação geral do país foi de 0,83% no mês passado.

O titular do Desenvolvimento Agrário citou as altas temperaturas no Centro-Oeste e as enchentes no Sul como exemplo de questões climáticas que afetaram a produção de alimentos, com impacto nos preços.

Fávaro apontou que o arroz, por exemplo, teve queda no preço pago aos produtores de R$ 120 para cerca de R$ 100 por saca. Os ministros esperam que essa redução chegue até o consumidor final.

“A gente espera que, com o caminhar da colheita de arroz, que chegamos 50%, 60% nos próximos dias, que esse preço ainda ceda um pouco mais, que é a tendência natural. Mas reforçar que é importante que os atacadistas repassem estes preços ao consumidor”, afirmou.

Plano Safra

O titular da Agricultura também afirmou que o governo adotará medidas por meio do Plano Safra, que será lançado no meio deste ano, para fomentar a produção de arroz, feijão, trigo, milho e mandioca perto de centros consumidores. Fávaro avaliou que é importante incentivar a produção de alimentos como o arroz no Centro-Oeste e no Nordeste, já que o Sul concentra a maior parte da produção nacional.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet