Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Notícias | Geral

destaque na infomoney

Com faturamento de R$ 1,5 bilhão, varejista Avenida inova no mercado e irá abrir uma loja por semana

Foto: Reprodução

Com faturamento de R$ 1,5 bilhão, varejista Avenida inova no mercado e irá abrir uma loja por semana
A rede de varejo fundada em Cuiabá, Lojas Avenida, tem ganhado destaque no cenário brasileiro, por ir contra o fluxo das grandes varejistas nacionais. A empresa fechou seu e-commerce e almeja inaugurar uma loja física por semana até final do ano, para conquistar o plano de mil unidades em funcionamento. Atualmente, a rede conta com 140 lojas e um faturamento de R$ 1,5 bilhão. O CEO da companhia, Rodrigo Caseli, concedeu uma entrevista à revista InfoMoney sobre as estratégias da Avenida, que tem como foco o público C e D.


Leia mais
Ocupação no setor de serviços cresce 7,8%; região centro-oeste teve o maior aumento em número de empresas


Para Caseli, o varejo brasileiro vive um momento complexo, com os bancos fechando a torneira de crédito para o segmento. “A maioria do varejo começou este ano alavancada. Então, houve o momento Americanas, os juros muito altos e os bancos têm suas razões para reduzir o crédito. Mas, com isso, o varejo acabou estrangulado”.

No entanto, a Avenida vivia um momento diferente. Em 2021, a empresa se preparava para uma Initial Public Offering (IPO), traduzido para oferta pública inicial. A intenção era dar saída ao fundo Kinea, quando a janela de mercado se fechou.

Com o interesse da gigante do varejo sul-africana Pepkor em investir no Brasil, a Avenida viu uma oportunidade e o negócio deu certo, com a virada de ventos na bolsa de valores. Em 2022, 87% da empresa foi adquirida por R$ 1,1 bilhão.

“Foi injetado um recurso significativo na empresa que ajudou a arrumas as contas da companhia”, afirmou Caseli.

Como a dívida já está praticamente zerada, a empresa enxerga oportunidades no mercado. “Há muita loja vazia em cidades importantes e oportunidade de compra de mercadoria. Estamos surfando neste momento muito positivamente”.

Atualmente, a Avenida tem lojas espalhadas por 12 estados brasileiros. Nesta semana, Brasília ganha uma nova loja, e o plano é atingir as mil unidades.

“O Brasil é um mar de oportunidades, especialmente no público que atendemos”, afirma Caseli. De acordo com o Consumer Insights, da Kantar, as classes D e E lideraram a alta do consumo nacional com um crescimento de quase 6%, o que ajudou a puxar o resultado de empresas voltadas para este público.

Confira aqui a matéria na íntegra.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet