Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Notícias | Geral

safra 2022/23

Clima quente em lavouras no exterior aumenta demanda e MT deve exportar 1,70 milhão de toneladas de algodão

Foto: Wenderson Araujo/Trilux

Clima quente em lavouras no exterior aumenta demanda e MT deve exportar 1,70 milhão de toneladas de algodão
Levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apontou que problemas nas lavouras de algodão nos Estados Unidos, China e Índia aumentaram as buscas pela pluma brasileira. Mato Grosso deve exportar cerca de 1,70 milhão de toneladas da fibra nesta safra 2022/23.


Leia também
Mato Grosso deve produzir mais de 5 milhões de toneladas do caroço de algodão, aponta Imea

Segundo o Imea, a expectativa se deve ao clima seco e quente que está afetando as lavouras dos dois países. Estados Unidos e a Índia são os dois principais exportadores mundiais da pluma.

Com isso, a nova projeção de exportação foi de 1,70 milhão de toneladas. Em relação ao consumo interno, espera-se que 25,86 mil toneladas de pluma sejam consumidas por Mato Grosso e 513,89 mil toneladas enviadas ao mercado interestadual.

Diante da expectativa de maior oferta na safra 2022/23 ante a 2021/22, os estoques finais ficaram projetados em 394,04 mil toneladas, aumento de 14,95% ante o registrado no ciclo 2021/22. 

A produtividade do algodão em  5,34 milhões de toneladas para a safra 22/23. O alto patamar de rendimento é pautado, principalmente, pelos bons volumes de chuva registrados no decorrer da temporada, o que contribuiu para o desenvolvimento do algodão.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet