Olhar Agro & Negócios

Sábado, 18 de maio de 2024

Notícias | Geral

Estado lidera

Primeira estimativa da nova safra do milho aponta produção superior a 43 milhões de toneladas em MT

Foto: Reprodução

Primeira estimativa da nova safra do milho aponta produção superior a 43 milhões de toneladas em MT
A primeira estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) apontou a produção de 43,30 milhões de toneladas para a safra 2023/24 do grão de milho em Mato Grosso. Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), Mato Grosso lidera como o maior produtor nacional de grãos.


Leia também
Mato Grosso foi responsável por mais de 50% dos 4,2 milhões de toneladas de milho exportados
 
Segundo o Imea, a produtividade deve ser em torno de 103,70 sacas/hectares. A primeira perspectiva de área para a safra 2023/24 ficou em 7,28 milhões de hectares.

Assim a projeção estatística realizada pelo Instituto apontou um volume de 27,21 milhões de toneladas para exportação, queda de 12,25% ante ao ciclo passado, influenciado, principalmente, pela perspectiva de retomada da produção de países como Estados Unidos e Argentina, que sofreram com a seca na temporada passada.

Além disso, o consumo interestadual ficou em 4,54 milhões de toneladas, queda de 10,90% ante a temporada passada. Essa menor projeção de consumo foi influenciada pela expectativa positiva em relação a produção do Sul do Brasil, visto a confirmação do El Niño para a safra 2023/24.

Já o consumo em aumentou 2,48% no comparativo anual, devido a ampliação de consumo de milho pelas usinas de etanol no estado. Por fim, os estoques finais para a temporada 2023/24 ficaram previstos em 889,91 mil toneladas, 56,01% a menos que a safra 2022/23.

Mato Grosso foi responsável pela exportação de 2,5 milhões dos 4,2 milhões de toneladas do grão de milho exportadas pelo país no mês de julho deste ano. A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) classificou o volume como recorde para o período.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet