Olhar Agro & Negócios

Domingo, 03 de março de 2024

Notícias | Geral

movimento de R$ 381 milhões

Filhos devem gastar em média R$ 222 em presentes para o Dia dos Pais

Foto: Reprodução

Filhos devem gastar em média R$ 222 em presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais, comemorado no dia 13 de agosto, deve movimentar cerca de R$ 381 milhões nas lojas do centro e de bairro, sites de compras, shoppings e supermercados do estado, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT). O valor refere-se aos 47% dos entrevistados que afirmaram que pretendem realizar compras na data, representando 4 pontos percentuais maior que o verificado no mesmo período do ano passado (43%).

Leia também
Setor agropecuário é o maior empregador de Mato Grosso, aponta levantamento


A média de pretensão de gastos neste ano também ficou maior, atingindo um valor de R$ 222,84 contra os R$ 200,60 observados em 2022, um aumento nominal de 11,09% e que chega a 20,71%, se desconsiderar a inflação acumulada em julho do ano passado – mês em que foi realizada a pesquisa.

O presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, destaca a importância no aumento do valor gasto e de pessoas que pretendem presentar na data, em sua maioria mulheres (54%).

“Esse crescimento observado de um ano para outro é importante para a movimentação econômica e a manutenção de perspectivas positivas para as empresas locais. Além disso, essa circulação de renda de mais de R$ 380 milhões, tende a ter impactos nos mais diversos segmentos e ajuda a manter Mato Grosso em crescimento”.

O levantamento realizado IPF-MT ouviu 250 pessoas em 32 municípios de Mato Grosso, entre os dias 6 e 27 de julho, e possui margem de erro estimada em 3% para mais ou para menos.

Do total de entrevistados que pretendem presentear os pais, a maior parte (60%) irá comprar roupas e acessórios, como cintos e carteiras. Outros 14% disseram que planejam dar cosméticos e perfumes, 9% sapatos e 1% eletrônicos, como celulares, tablets e outros. Os que ainda não sabem com o que presentear somam 15%.

Quanto aos locais escolhidos pelos entrevistados para realizar as compras, os centros das cidades possuem a maior preferência, com 64%, seguido de outros 15% dos shoppings centers, 12% de sites e aplicativos, 5% de vendedores independentes, 4% em lojas do bairro onde moram e 1% em supermercados.

Wenceslau Júnior esclarece que “assim como as demais pesquisas de datas comemorativas realizadas esse ano, as lojas nos centros das cidades e os shoppings são os destinos principais dos que pretendem realizar compras, fator importante para a o comércio e serviços locais, que são os setores que mais abrangem empresas e empregos no estado”.

Entre os que não irão as compras, a expressiva maioria justificou não comemorar a data, com 71%, em seguida, 16% apontam questões de distância geográfica, ou seja, não moram no mesmo local que a pessoa que desejam presentear. Além destes, 11% dos entrevistaram não compraram por falta de condições financeiras e os 2% restantes não possuem disponibilidade de tempo.

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

(Com informações da assessoria)
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet