Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 18 de junho de 2024

Notícias | Indústria

maquinários modernos

Empresa têxtil prepara diferenciais para o setor de acordo com evolução do agronegócio

Foto: Assessoria

Empresa têxtil prepara diferenciais para o setor de acordo com evolução do agronegócio
A Stamp, marca pioneira na produção de camisetas promocionais e uniformes, tem acompanhado a alta produtividade das lavouras mato-grossenses para trazer o diferencial ao setor têxtil. No início, os trabalhos na fábrica eram realizados de forma manual, com pouca tecnologia. Hoje, tanto na produção de alimentos quanto na de uniformes, os serviços avançaram na qualidade e produtividade, principalmente com a ajuda de grandes máquinas, agrícolas e têxtil, respectivamente. 


Leia mais 
Novo Imposto sobre Valor Agregado preocupa agroindústria de MT; Congresso discute compensação


E para acompanhar o crescimento do campo e contribuir com a preparação para as safras de soja, milho, algodão e também no manejo da pecuária, a Stamp se organizou com aquisições de maquinários modernos e que atendem ao setor produtivo com agilidade e segurança. Acompanhando a alta produtividade das lavouras, atualmente a empresa possui capacidade de fabricação de mais de 3 mil peças por dia, que somam mais de 1 milhão por ano.

“Temos hoje uma das máquinas de corte mais modernas do mundo, um carrossel de serigrafia para até 600 impressões em série por hora, e impressoras de sublimação de última geração. Além de todo o aparato tecnológico e científico, temos também o diferencial do relacionamento, conseguimos apresentar condições especiais de pagamento para quem faz parte do setor produtivo, sem contar o apoio logístico quando se faz necessário distribuir os uniformes”, explica a gerente de Relacionamentos da Stamp, Fernanda Maluf.

A representante da empresa destaca que tanto a oferta de empregos, a expansão e modernização das cidades-polo do agro, quanto o deslocamento das discussões financeiras e econômicas para esses lugares faz com que diversos setores, como o de uniformização, busquem se relacionar com o agro. 

“Aqui na capital entendemos que somos referência e base de apoio político e econômico, mas as atividades estão concentradas no campo, no interior, e isso reflete de maneira muito positiva com a movimentação econômica aqui, a vinda de interessados para investir no nosso Estado, o crescimento do comércio, a melhora na vida da população, que permite o consumo de bens e serviços cada vez mais amplos e diversificados”, analisa Fernanda Maluf. 

A gerente de Relacionamento avalia que a pujança do agro resulta no crescimento da economia como um todo e a empresa está acompanhando a demanda por serviços e produtos.  

“Vemos que o setor agrícola tem demandas específicas que precisam ser atendidas não só com produtos de qualidade, mas também com agilidade e inovação, pois é um setor qualificado e muito exigente.  Para isso, temos investido cada vez mais em pessoas e estrutura, para oferecer produtos melhores e mais adequados ao setor do agro. Afinal de contas, é da nossa terra que estamos falando” finaliza.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet