Olhar Agro & Negócios

Domingo, 03 de março de 2024

Notícias | Agronegócio

REUNIÃO EM RONDONÓPOLIS

Fórum Agro MT pede subvenção na compra de milho por produtores de proteína animal e Lula avalia atender o setor

Foto: Assessoria

Fórum Agro MT pede subvenção na compra de milho por produtores de proteína animal e Lula avalia atender o setor
O Fórum Agro MT e lideranças do setor produtivo de Mato Grosso aproveitaram a visita do presidente Lula (PT) a Rondonópolis (212 Km de Cuiabá) para apresentar pautas que auxiliem no desenvolvimento do setor. Entre os pedidos está a subvenção do governo federal na compra do milho destinado à produção de proteína animal, além de mudanças no Pronaf e Pronamp, que facilitaria o acesso a crédito aos produtores. 

Leia também:
Fávaro compara invasões do MST em fazendas da Suzano com destruição do Congresso: 'não tem apoio'

Segundo o presidente do Fórum Agro, Itamar Canossa, que também é produtor rural e suinocultor no município de Sorriso, o subsídio na compra do milho beneficiaria principalmente os produtores de suínos, que há mais de dois anos enfrentam crise na atividade.

“O custo de produção na suinocultura está em sua grande parte na alimentação dos animais, que é basicamente composta pelo milho e pelo farelo de soja, conseguir que o governo federal conceda algum benefício na compra desses grãos seria fundamental para a sobrevivência da atividade aqui no estado”, pontuou. 

Canossa afirmou ainda que o subsídio contemplaria também outras atividades produtoras de proteína animal, como a de frango, bovina e a de produção de ovos. “O milho faz parte da alimentação da criação de vários animais, e se o governo federal puder custear parte dessa negociação, os produtores terão um fôlego a mais para continuarem produzindo”. 

O presidente da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Frederico Tannure Filho, reforçou que a liberação de linhas de crédito com juros menores também é fundamental para a manutenção de produtores na suinocultura.

“O suinocultor que conseguiu continuar produzindo carne nesse período de crise provavelmente está endividado, e precisa ter acesso a crédito para continuar trabalhando, Alterações no Pronaf e no Pronamp que facilite a concessão de crédito aos produtores podem auxiliar nesse momento”, afirmou. 

A pauta da infraestrutura e logística para melhorar o escoamento da produção também esteve na pauta da reunião. A construção da Ferrogrão, que ligará Sinop ao Porto de Miritituba, e que é vista como uma importante rota para o escoamento da safra da região norte também foi debatida. “Sabemos o quanto representa de economia e desenvolvimento para Mato Grosso e para o Brasil a construção de novas ferrovias. Não só a Ferrogrão, mas também a FICO e a Ferronorte são essenciais para melhorar o desempenho do setor produtivo, e que pode diminuir os custos no setor, visto que é um modal mais econômico que o rodoviário”, pontuou Canossa.
 
A situação da BR-163, que liga Cuiabá a Sinop, também foi tratada no encontro. Atualmente a rodovia está em processo de transferência de concessão para o Governo do Estado e a expectativa é que ainda neste mês o poder executivo obtenha uma resposta da Caixa Econômica Federal para assumir a concessão

 De acordo com os participantes da reunião, Lula esteve muito receptivo durante a reunião e se comprometeu a dar celeridade em cumprir as solicitações do setor. “O presidente e sua equipe entenderam a urgência da nossa demanda e se colocaram à disposição para avaliar, a partir das informações técnicas enviadas pelo setor, a viabilidade de atender aos pedidos o mais breve possível”, finalizou Canossa (Com Assessoria).
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet