Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 28 de maio de 2024

Notícias | Emprego

EM 2022

Setores do comércio e serviços responderam por 73% dos empregos formais em MT

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Setores do comércio e serviços responderam por 73% dos empregos formais em MT
Os números divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, organizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Ministério do Trabalho e Previdência (MTE), apontam que 73% dos novos empregos criados em Mato Grosso partiram de setores do comércio e serviços. Juntos os setores geraram 41.795 novos postos de trabalho com carteira assinada no estado. Ao todo foram registrados 57.354 novos empregos gerados no último ano. 


Leia mais: 
Unicred Mato Grosso inaugura primeira agência fora do estado


Segundo análise do Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), nenhuma atividade econômica demonstrou saldo negativo no ano passado. Os dados apontam que o setor agropecuário somou 7.609 novas contratações, seguido da Indústria (4.056) e Construção (3.894). 

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso (Fecomércio-MT), José Wenceslau de Souza Júnior, destaca a importância dos setores para o desenvolvimento do estado. Para o presidente, os indicadores econômicos indicam um bom desempenho dos setores em Mato Grosso. 

"No ano passado, observamos mais de 51 mil novas empresas abertas em Mato Grosso, segundo a Receita Federal. Era certo que o número positivo e divulgado pelo Novo Caged viesse em efeito cascata, reforçando o bom momento econômico do nosso estado”, declarou Wenceslau.

O estado de São Paulo lidera em saldo de contração, com quase 561 mil novas contratações, seguido de Rio de Janeiro e Minas Gerais, com 195 mil e 178 mil, respectivamente. Mato Grosso ocupa a 11ª posição. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet