Olhar Agro & Negócios

Domingo, 10 de dezembro de 2023

Notícias | Logística

SAIBA TRECHOS

Rumo recebe autorização para construir mais duas ferrovias em Mato Grosso; total de R$ 11,3 bi em investimentos e 750 Km de trilhos

Foto: Vinícius Rosa/MInfra

Rumo recebe autorização para construir mais duas ferrovias em Mato Grosso; total de R$ 11,3 bi em investimentos e 750 Km de trilhos
Mato Grosso fica perto de ter mais duas ferrovias nesta quarta-feira (26). A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a celebração dos novos contratos de adesão para outorga, construção e exploração das estradas de ferro que irão ligar Primavera do Leste a Ribeirão Cascalheiras e Santa Rita do Trivelato a Sinop.

Leia também:
Para solucionar falta de médicos nas unidades básicas, Emanuel anuncia edital para contratação de profissionais

As duas ferrovias serão tocadas pela Rumo, com investimento total de R$ 11,3 bilhões e 750 Km de trilhos sendo R$ 3,8 bilhões nos trilhos de Santa Rita a Sinop (250 Km) e R$ 7,5 bilhões de Primavera a Ribeirão (500 Km). O primeiro trecho deve entrar em operação em 2041, e o segundo em 2039.

Segundo o diretor da ANTT Luciano Lourenço, o trecho entre Primavera e Ribeirão será voltado para o transporte de granel sólido, como soja, milho, adubos e fertilizantes, atravessando sete municípios de Mato Grosso.

As autorizações analisadas pela ANTT foram aprovadas sob as regras do novo marco legal das ferrovias, em vigor desde janeiro. A cerimônia de assinatura dos contratos ocorre hoje, na sede da ANTT, em Brasília (DF). Além das ferrovias em Mato Grosso, outros três trechos em Goiás e Bahia serão autorizados.

Os projetos da Rumo, que também requereu autorização para construir outras quatro ferrovias em Mato Grosso, foram apresentados no início do ano. Na época, o projeto mais avançado era referente ao trecho de Água Boa a Lucas do Rio Verde, se conectando com a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), lançada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em setembro.

No ano passado, a Rumo assinou contrato com o Governo de Mato Grosso, para a construção da primeira ferrovia estadual, que irá interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde – e que vão se conectar à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet