Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 20 de maio de 2022

Notícias | Agronegócio

Período chuvoso

Produtores relatam ‘podridão’ em grãos de soja; Aprosoja ainda não sabe o motivo

Foto: Gabriel Faria / Embrapa

Produtores relatam ‘podridão’ em grãos de soja; Aprosoja ainda não sabe o motivo
Diversos produtores do estado de Mato Grosso têm relatado avarias e podridão nos grãos de soja da safra 21/22. A Associação de Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja) tem acompanhado e recebido as reclamações, mas ainda não pode precisar o motivo da situação. No entanto, o cenário acontece durante o período chuvoso no estado.

Leia também:
Estado autoriza 22 novos agrotóxicos, amplia uso de outros 17 e atualiza cadastro de 83

Além disso, boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgado no último dia 17 de janeiro relatou que, com os elevados volumes de chuva, houve dificuldade para entrada de colheitadeiras no campo. “Aliado a esse panorama, há relatos de atraso nas entregas de dessecantes em algumas regiões, o que está implicando diretamente no avanço dos trabalhos nas primeiras áreas em MT. Além disso, devido ao excesso de umidade, foram registrados problemas pontuais com doenças de final de ciclo para as variedades precoces, mas o reporte da grande maioria dos informantes é de lavouras com boas condições e estandes bem estabelecidos”.

Por meio de sua assessoria, a Aprosoja informou que realiza uma pesquisa para compreender o que está acontecendo, mas o resultado demora a sair. A associação tem recebido reclamações de grãos muito pobres e avariados, e a orientação é que os produtores entrem em contato via ‘Canal do Produtor’ (65-3027-8100) e procurem o programa ‘Classificador Legal’. Por meio deste programa, eles farão, na hora da negociação, uma classificação dos grãos para ter certeza do que o produtor está entregando, do que ele colheu, e ver qual é o número dessa avaria deste grão.

No último dia 21 de janeiro, uma matéria nacional do Globo Rural também relatou as perdas de grãos, com casos de podridão das vagens e tombamento das plantas. Na matéria, o vice-presidente da Aprosoja-MT, Lucas Costa Beber, afirmou que somente no município de Nova Ubiratã os produtores relaram perda de 15% da produção. Leia a íntegra AQUI.

Veja a nota da Aprosoja:

Associação do Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), por meio da comissão de Defesa Agrícola, criou um questionário para os associados responderem, afim de realizar um levantamento de informações na busca sobre os recentes problemas ocasionados com a anomalia na soja e tombamento em algumas lavouras. A entidade também colocou à disposição o Classificador Legal, que pode ser acionado para verificar o grau de avaria dos grãos. Caso o produtor necessite de mais informações pode acessar o Canal do Produtor, através do telefone (65) 3027-8100.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet