Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Notícias / Logística

Chega a R$ 3,19

Preço do GNV aumenta, mas Governo explica que a ‘culpa’ é do mercado

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Nov 2021 - 17:46

Foto: Reprodução / Secom MT

Preço do GNV aumenta, mas Governo explica que a ‘culpa’ é do mercado
Alternativa mais barata diante dos repetidos aumentos de etanol e gasolina, o Gás Natural Veicular (GNV) também  subiu nos postos de combustível de Cuiabá e Várzea Grande. O Governo do Estado, no entanto, afirma que a “culpa” é do mercado, e que pratica o valor mínimo estabelecido pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager).

Leia também:
PIB de Mato Grosso tem maior variação acumulada entre estados brasileiros

Segundo motoristas de aplicativo, o valor do GNV era de R$ 2,89, e subiu para R$ 3,19, ou seja, R$ 0,20 somente nesta semana. O Estado argumenta que o preço básico do GNV foi regulamentado pela AGER, cumprindo com o que determina lei federal.

“O valor estabelecido ficou entre R$ 1,45 a R$ 1,52. A MT Gás cumpriu com a regulamentação tarifária da agência e estipulou, como preço a ser praticado na venda do produto na distribuidora, o valor mínimo estabelecido pela AGER, que é de R$ 1,45, o metro cúbico”, disse o Governo em nota.

Ainda segundo o Governo, o preço praticado na bomba é controlado pelo mercado – oferta e demanda e margem de lucro dos postos – e não pelo governo. Também destacou que Mato Grosso é o Estado que tem o GNV mais barato do Brasil.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet