Olhar Agro & Negócios

Domingo, 19 de setembro de 2021

Notícias / Geral

INVESTIMENTOS

Nova região em VG atrai empreendimentos imobiliários e valorização de terrenos chega a 142%

Da Redação - Vinicius Mendes

24 Jun 2021 - 10:43

Foto: Reprodução

Nova região em VG atrai empreendimentos imobiliários e valorização de terrenos chega a 142%
A região do Chapéu do Sol, em Várzea Grande, tornou-se o novo atrativo de investimento da baixada cuiabana. Investimentos públicos atraíram a iniciativa privada e terenos já se valorizam em 142%. A Nova VG, como está sendo conhecida, tem captado a construção de empreendimentos, como os condomínios de médio padrão, como, por exemplo, os da Ginco. Repartições públicas como Defensoria Pública, e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), também já estão com projeto para construção de suas sedes na região.
 
Leia mais:
Amigos de motociclista acidentado se mobilizam para custear cirurgia de reconstrução facial
 
“A proximidade com Cuiabá está despertando a atenção de investidores e levando o município a investir de olho nas perspectivas de futuro. Queremos explorar outras realidades econômicas. Temos amplas chances de ver o Chapéu do Sol se tornar uma das regiões mais valorizadas de Mato Grosso”, avaliou o prefeito Kalil Baracat (DEM).
 
Uma das grandes obras de infraestrutura em andamento no estado, a implantação da Avenida Contorno Norte, a “Rodoanel”, está em andamento e abarcará justamente essa região. São previstas a pavimentação de 51,71 quilômetros, no trecho que vai do entroncamento da BR-070/163/364 de Cuiabá até a BR-163/364, em Várzea Grande.
 
“Ali desponta como favorita para investimentos essenciais na consolidação de um novo ramo empresarial, industrial e geração de emprego e renda. No que depender do Poder Público Municipal, poderá se tornar um novo oásis de prosperidade e crescimento longevo”, completa Kalil Baracat.
 
Com o mercado olho na região e para não perder a oportunidade de investimentos, o Poder Público tem tratado de investir. Antes o abastecimento de água era um impasse. Mas para isso, Governo do Estado e Executivo Municipal, junto a empresas privadas, já lançaram a construção da Estação de Tratamento de Água e Esgoto (ETA).
 
A nova estação irá compreender toda o Chapéu do Sol, beneficiando mais de 30 bairros do entorno. Estão sendo investidos R$ 25 milhões, para estruturar a capacidade de 250 mil litros de água por segundo. A previsão é de que sejam levados de 12 a 18 meses para que a obra seja concluída e entregue a população.
 
“O governador Mauro Mendes vai construir uma estação com recursos próprios. A Ginco vai fazer a adutora e reservatórios na ETA do bairro. “Estamos planejando a cidade com uns 30, 40 anos à frente. Os investimentos para essa área demoraram, mas estão chegando”, pontuou o senador Jayme Campos.
 
Inspirado no CPA
 
Próximo aos condomínios horizontais que se instalaram ali, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Defensoria Pública, Ministério Público e Fórum de Várzea Grande já estão construindo suas sedes no local. Aos poucos, a área vai lembrando os contornos do Centro Político Administrativo (CPA), que se estruturou de forma semelhante.
 
“Naturalmente com a economia e os negócios voltados para o Chapéu do Sol, passamos a ter o interesse dos Poderes Públicos procurarem novos espaços para fazer suas estruturas visando melhorar o atendimento ao público e fomentar também a economia. Essa região já desponta como favorita para investimentos”, pontua o prefeito.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet