Olhar Agro & Negócios

Sábado, 08 de maio de 2021

Notícias / Agronegócio

visita

Pecuaristas de MT pedem critérios justos para embargo russo a carne do Estado

Da Redação - PV

14 Set 2012 - 08:45

Foto: Reprodução

Pecuaristas de MT pedem critérios justos para embargo russo a carne do Estado
Lideranças ruralistas em encontro com o embaixador da Rússia, Sergey Akopov, pediram que haja critérios mais justos para a definição de embargos daquele país para a carne de Mato Grosso. Mais tarde, o político se reuniu com o governador de mato Grosso Silval Barbosa, quando na oportunidade veio conhecer o potencial do estado e as intenções do governo, já que aquele país tem intenções de fazer intercambio comercial com Mato Grosso.

NAkopov se reunião também nesta quinta-feira (13), com  presidente em exercício da entidade, Jandir Milan e diretores  na sede do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), que esteve na instituição com o objetivo de prospectar oportunidades no setor industrial de Mato Grosso.

É a primeira vez que o embaixador visita o Estado e está percorrendo diversos municípios de carro para, segundo ele, sentir e conhecer melhor a realidade socioeconômica da região. "Temos interesse, principalmente, na indústria local, pois acredito que existem muitas possibilidades de parcerias que podemos realizar com o Brasil, em especial Mato Grosso, que apresenta uma potencialidade econômica de destaque", avaliou Akopov.

De acordo com ele, o Brasil tem despertado muito interesse nas empresas russas, que almejam realizar projetos no Estado. "São empresas de vários segmentos, como as atuantes na área de Defesa, a exemplo das fabricantes de sistema de aterrisagem de jatos russos, monitoramento aéreo, indústrias que produzem equipamentos para utilização de energia solar em grande escala, entre outros", enfatiza. O embaixador afirma que são fabricantes de bom nível mundial e a principal intenção é estabelecer parceria com empresas locais para produzir os equipamentos no Brasil.

"Viemos para conhecer as perspectivas e ter noção de como podemos fazer essas alianças tecnológicas entre os países. É um sistema de coprodução, interação, que acreditamos ser o caminho correto para o futuro comercial". Akopov também destacou que a intenção é aumentar o fluxo comercial das vendas externas de Mato Grosso para a Rússia, já que o país se interessa em produtos como carne, açúcar, soja, entre outros do ramo alimentício.

Para o presidente Jandir Milan, a visita de países como a Rússia, que apresentam crescimento constante e demandam por produtos mato-grossenses, é de suma importância para fortalecer as relações comerciais entre os países.

"Estamos juntos para criar novas matrizes produtoras, principalmente voltadas ao setor industrial no Estado. Definiremos um grupo de empresários para avaliar essas possibilidades em conjunto e, a partir daí, daremos início a essa maior aproximação com a Rússia". Participaram do receptivo ao embaixador o vice-presidente do Sistema Fiemt, Edgar Teodoro Borges, os diretores Wilmar Franzner, Daniel Locatelli e a coordenadora do Centro Internacional de Negócios da Fiemt (CIN), Gabriela Fontes. As informações são da assessoria

Comentários no Facebook

Sitevip Internet