Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 01 de março de 2021

Notícias / Indústria

Projeto de rede de distribuição de gás natural do Distrito Industrial deve começar neste mês

Da Redação - Michael Esquer

11 Fev 2021 - 16:48

Foto: Reprodução

Projeto de rede de distribuição de gás natural do Distrito Industrial deve começar neste mês
O projeto da rede de distribuição de gás natural no Distrito Industrial de Cuiabá deve ser inciado ainda em fevereiro, segundo publicação feita no Diário Oficial pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (11). A empresa Lima & Torres Engenharia e Consultoria Ltda será a responsável pela execução da obra.

Leia mais:
Ministro da Infraestrutura garante extensão da Ferronorte para Cuiabá e Lucas, mas depende de votação

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, comemorou a notícia. "Este é um sonho de 15 anos que está saindo do papel e irá beneficiar mais de 70 empresas do Distrito Industrial. As empresas se instalaram naquele local com a promessa de ter o gás natural e hoje, finalmente, conseguimos dar prosseguimento a este projeto. É um marco para a MT Gás", declarou.

O presidente da MT Gás, Rafael Reis, acrescentou que os empresários da região esperam por gás tubulado, com preço acessível, volume de entrega e segurança jurídica. O projeto também trará autossuficiência financeira para a companhia estadual.

"Além de atender as empresas do Distrito Industrial, é uma nova fase para a MT Gás, pois gera volume de venda, consistência, estabilidade de mercado. O principal objetivo da companhia é a distribuição de gás canalizado e isto será realizado agora", afirma.

Para a presidente da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (Aedic), Margareth Buzzetti, "é superimportante mais uma matriz energética para as empresas do distrito industrial incentivando a implantação de novos empreendimentos".

O MT PAR, em parceria com a MT Gás, é responsável pela licitação e pelo acompanhamento e fiscalização da execução do projeto. "O papel do MT PAR é esse, fazer parcerias e otimizar os investimentos públicos. Esse é um passo importante para o desenvolvimento de Mato Grosso, cuja a participação do MT PAR foi decisiva para o andamento do projeto", disse o presidente do MT PAR, Wener Santos.

Os trabalhos serão coordenados pelo Núcleo de Projetos do MT PAR, com apoio técnico da MT GÁS. De acordo com o Coordenador da Divisão de Orçamento, Convênios, Aquisições e Contratos da MT PAR, Jonatan Setúbal,  esta é a primeira licitação feita pelo Governo do Estado no novo modelo de contratação das empresas estatais instituído pela Lei 13.303/2016. "A Lei inovou trazendo às estatais institutos e técnicas jurídicas antes inacessíveis à Administração Pública, todos orientados à excelência da gestão", finalizou Setúbal.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet