Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Geral

Governo de MT aposta em obras de infraestrutura para estimular criação de novos postos de emprego

Da Redação - Érika Oliveira

26 Ago 2020 - 16:14

Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

Governo de MT aposta em obras de infraestrutura para estimular criação de novos postos de emprego
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) anunciou nesta quarta-feira (26) que desde o início de 2019 foram criados um total de 791 empregos diretos e indiretos nas centenas de obras que estão sendo tocadas pela Pasta. O investimento em obras de infraestrutura são a aposta do Governo de Mato Grosso para estimular a criação de novos postos de trabalho no Estado.

Leia mais:
Investimento em obras de infraestrutura gera mais de 4 mil empregos diretos em MT

“É comprovado que a estrutura das unidades de ensino afeta a qualidade do aprendizado. Por isso estamos investindo muito forte nas reformas, ampliações e também na construção de novas escolas. Estamos deixando as escolas bonitas, com padrão elevado, para bem atender as necessidades dos alunos, professores e demais profissionais. E ainda criando centenas de empregos”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Conforme o levantamento feito pela Seduc, as mais de 100 obras de manutenção, construção, reforma e ampliação e também as derivadas de convênios já geraram 636 novos postos de trabalho diretos e 155 indiretos.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) também informou esta semana que o investimento nas obras iniciadas e retomadas pela Pasta em todas as regiões de Mato Grosso desde 2019 gerou um total de 4.095 empregos diretos.

As ações colaboraram para que Mato Grosso figure em 1º lugar como o estado que mais criou empregos em junho deste ano, conforme o último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Entre contratações e demissões, o Estado ficou com saldo positivo de 6.790 novos postos de trabalho.

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, destacou que a geração de empregos proporcionada por essas obras auxilia também no aspecto social, uma vez que muitos profissionais “continuam mantendo sua empregabilidade no meio da pandemia”.

“A Seduc, através da gestão Mauro Mendes, tem ajudado esses profissionais a preservarem sua fonte de renda e de sustento da família. Além disso, as obras nas escolas proporcionam um ambiente mais organizado, em bom estado de conservação, climatizado, arejado. As nossas crianças conseguem ter um espaço motivado para o processo de ensino e aprendizagem e os nossos profissionais da educação conseguem atuar em espaços dignos”, relatou.
 
Já foram investidos R$ 150,3 milhões por parte do Governo de Mato Grosso para melhorar as estruturas das escolas, em todas as regiões. Somente na manutenção de escolas, houve a aplicação de R$ 22 milhões, com 180 novos empregos gerados.

Outros R$ 70,5 milhões foram aplicados em obras conveniadas com o Governo Federal e Prefeituras, com mais 288 novos postos de trabalho. Já nas obras de construção e reforma + ampliação, o Governo do Estado investiu R$ 48,4 milhões até o momento, gerando 323 empregos.

“Estamos fazendo essa reestruturação nas escolas de diversos municípios de Mato Grosso. Essas melhorias impactam no ensino e se somam à gestão qualificada e ao quadro administrativo e pedagógico competente da secretaria”, reforçou o secretário-adjunto executivo da Seduc, Alan Porto.

Mais empregos

Somente na construção da Escola Estadual Tarsila do Amaral, em Lucas do Rio Verde, cuja obra está em andamento, já foram criados 60 empregos diretos e 150 indiretos.

Mais 26 postos de trabalho foram gerados pelo Governo de Mato Grosso, em convênio com a prefeitura, na construção da Escola Estadual 31 de Março, em Canarana, que está em fase final.

Também foram gerados outros 75 empregos nas reformas gerais e ampliações promovidas nas escolas Mário de Castro, Hermelinda de Figueiredo e Cleinia Rosalina de Souza, em Cuiabá.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet