Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Logística

Ministros discutem logística e planejam entroncamento ferroviário em Lucas do Rio Verde

Da Redação - Max Aguiar

15 Ago 2020 - 15:43

Foto: Assessoria

Ministros discutem logística e planejam entroncamento ferroviário em Lucas do Rio Verde
Mais uma vez Mato Grosso foi o foco de uma live promovida sobre os “Desafios da Logística no Agro no Brasil”. De maneira otimista, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que “Lucas do Rio Verde será o grande entroncamento ferroviário brasileiro por ser o ponto que irá interligar a Ferrogrão, Fico e a Ferronorte”.

Leia mais:
PP admite diálogo, mas não abre mão de 1ª suplência de Fávaro, diz Neri

Vale ressaltar que interligar o país por meio de ferrovia é um dos planos do governo Bolsonaro. Por conta disso, em várias reuniões, os políticos da bancada de Mato Grosso em Brasília cobram que investimentos sejam feitos aqui. "Pois, o estado está no meio do Brasil e deve receber a espinha dorsal desse meio de transporte para facilitar a chegada de nossos produtos aos portos", destacou o presidente da bancada, Neri Geller em uma de suas reuniões com os ministros. 

Os planos do Ministério da Infraestrutura prometem revolucionar a logística brasileira e o setor do Agronegócio, possibilitando a diminuição dos custos de produção e tornando o País mais competitivo no mercado internacional.

Com essa afirmação do ministro, Mato Grosso recebe sua segunda maior notícia no setor em menos de 15 dias. A primeira, foi em 29 de julho, quando o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou a prorrogação da concessão da Vale com a contrapartida de investimentos na construção da Ferrovia de Integração Centro-Oeste – FICO no trecho de Mara Rosa (GO) a Água Boa (MT), um investimento privado de R$2,73 bilhões de reais para a ampliação da malha férrea brasileira. 

“A perspectiva para o Brasil nos próximos anos é muito boa. O avanço na infraestrutura e logística e a simplificação e eficiência do sistema tributário com a reforma que se aproxima são legados para o futuro que temos orgulho de participar ativamente. A fala do ministro nos traz a tranquilidade de saber que estamos no caminho certo”, afirmou Neri Geller, coordenador da Bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional.

De acordo com Geller, a infraestrutura  tem recebido atenção especial desse Governo e mudará, em definitivo, a realidade da malha rodoferroviária do País. 

“Estive com  o ministro Tarcísio anteontem e tratamos de toda a questão das rodovias e ferrovias. A Malha Paulista, por exemplo, será a espinha dorsal que ao se integrar com a Norte-Sul, transformará a logística do Brasil. Tratamos sobre a Rumo (de Rondonópolis à Lucas do Rio Verde) e a Ferrogrão de Miritituba até o Médio-Norte. São avanços significativos que o Governo Federal está promovendo em infraestrutura e isso elevará muito o potencial de escoamento da produção agrícola do País. São obras que refletirão diretamente em mais produção, mais emprego, mais renda, mais crescimento econômico para o Brasil”, disse o mato-grossense.
Sitevip Internet