Olhar Agro & Negócios

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Emprego

Padaria Moinho demite 15 funcionários e concede férias para 30

Da Redação - Fabiana Mendes

25 Mar 2020 - 15:05

Foto: Olhar Direto

Padaria Moinho demite 15 funcionários e concede férias para 30
A Padarinha Moinho, no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, demitiu 15 funcionários que estavam sob contrato temporário e concedeu férias para outros 30. A decisão foi tomada por conta da consequências da pandemia de coronavírus que afeta todo o mundo, inclusive Mato Grosso. 

Leia mais:
Coronel lançada por Bolsonaro ao Senado defende presidente e isolamento só para idosos

O gerente Mário Urbano disse ao Olhar Agro & Negócios que o estabelecimento foi o primeiro restaurante-café a fechar voluntariamente mesmo antes do decreto da Prefeitura de Cuiabá e do Governo do Estado. "Não esperamos decreto, vimos a serieadde do problema e decidimos suspender", afirmou. 

Os serviços do restaurante-café foram suspensos temporariamente. Já o empório passou a atender em horário reduzido deste a última quinta-feira (19). O atendimento segue das 8h às 20h.

O estabelecimento ainda mantém 43 funcionários, sendo que aqueles que lidam diretamente com atendimento ao cliente, usam luvas e álcool em gel. Além disso, a empresa estaria fazendo a medição da temperatura corporal e higienizando com frequência materiais que os clientes pegam. 

Ainda conforme o gerente, a procura por alimentos foi grande antes dos decretos. "Na semana passadas houve uma corrida muito grande de clientes a procura de comida para estocar", relatou. Entretanto, de acordo com Mário, nesta semana houve uma redução. Ele não descarta que mais funcionários possam ser demitidos caso a situação perdure. 

Coronavírus em Mato Grosso 

Mato Grosso tem sete casos confirmados e 269 casos suspeitos até a tarde de terça-feira (24). Dos sete casos confirmados até o momento, todos são de pessoas entre 31 e 50 anos. 

O ‘pico’ dos casos de coronavírus deve acontecer entre o final do mês de abril e início do mês de maio, afirmou o secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo. Segundo ele, o Estado se prepara com a construção de 180 novos leitos de enfermaria e 30 de UTI no Hospital Metropolitano de Várzea Grande.
 
 


 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet