Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias / Tecnologia

Aumenta o investimento em novas tecnologias nas empresas

Da Assessoria

21 Jan 2020 - 10:55

Foto: Pexels

Aumenta o investimento em novas tecnologias nas empresas
Durante o ano 2019 o investimento em novas tecnologias em nosso país por parte das empresas brasileiras aumentou um 45%, segundo o estudo global anual da empresa Zebra Technologies onde indica que o setor de maior evolução foi o setor do varejo. Mas ainda a percentagem das empresas com investimento em novas tecnologias é baixo, apenas um 18% e um 70% está no processo da implementação e adaptação aos novos tempos.

Uma das últimas inovações criadas para facilitar a expansão das empresas são as lojas online com programas que contam com um BackOffice muito completo que permite configurar desde o início e implementar todas as configurações de maneira rápida como o sistema de taxas, valores dos envios, os sistemas de pagamento seguros como o cartão, o paypal ou a transferência bancária, dando credibilidade às empresas. Outras das inovações são os diferentes aplicativos disponíveis para celulares que podem ajudar a encontrar mais facilmente uma empresa e oferecer outro canal de atendimento aos clientes como o Whatsapp ou Telegram.  Segundo um estudo do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) sobre o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nos domicílios brasileiros (TIC Domicílios 2018) publicado em agosto do ano passado, um 40,8 milhões de usuários utilizam aplicativos para o transporte e táxis, um 60% pesquisam na internet informação sobre produtos ou serviços e um 34% fizeram compras online. Os dados mostram que um 93% dos domicílios possuem telefone celular e apenas um 14% possuem tablets.

Outro estudo recente da consultoria App Annie, informa que Brasil é o terceiro pais do mundo onde mais tempo gastam as pessoas em aplicativos, sendo o primeiro China e o segundo Indonésia. Com um total de 3 horas e 40 minutos por dia, os aplicativos preferidos pelos brasileiros são as finanças, compras, entrega de comida e entretenimento. Alguns dos aplicativos mais baixados são Mercado livre, Nubank, Netflix, Aliexpress, Youtube Go, Whatsapp ou Snapchat entre outras. Para os consumidores é importante que sem sair de casa, possam fazer pesquisas online e compras de modo rápido e seguro. Anos atrás isto era como jogar poker mas agora nosso país conta com uma rede de internet confiável e muito rápida.

Projetos sobre inovação do Governo

O Governo também tem implantado vários projetos enfocados em empresas e negócios para a expansão internacional e inovação como o programa StarOut Brasil. É um projeto em colaboração do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) onde selecionam até 20 empresas em cada ciclo para ser incluídas no programa. As empresas devem ter umas características como ser já empresas estabelecidas, com faturação acima dos 500 mil reais, com capacidade para expansão internacional sem comprometer os negócios do país e com pessoal fluente em inglês e dedicado ao negócio na totalidade. A próxima missão será entre os 19 e 24 de abril e o destino será a cidade de Nova Iorque (Estados Unidos).

Em 2018 o Governo anunciou o lançamento do projeto Cidades Inovadores com 1 bilhão de reais de inversão durante 2 anos em projetos de desenvolvimento para infra-estruturas e serviços de cidades de nosso país. Os setores que são beneficiários prioritariamente são saneamento e recursos hídricos, eficiência energética, mobilidade urbana e energias renováveis.

O Governo de Mato Grosso aprovou em dezembro do ano passado a Lei Complementar nº 650 sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica melhorando a relação entre universidades, tanto públicas como privadas, com as empresas para agilizar os procedimentos. No mês de outubro do ano passado lançou o programa Centelha para ajudar à ideias de produtos e bens inovadores através da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Mato Grasso (Fapemat). Os selecionados receberão orientações para o desenvolvimento das ideias com suporte profissional técnico e apoio econômico de 60 mil reais para lançar o produto em ou abrir a empresa.

Um aplicativo que já está ativo é o MT Cidadão que proporciona aos beneficiários do Mato Grosso Saúde informação e visualização de faturas entre outras coisas. Segundo a informação do Governo do Mato Grosso, este 2020 vão estudar as possíveis melhorias a implementar no aplicativo que atualmente está disponível para iOs e Android de forma gratuita.
Sitevip Internet