Olhar Agro & Negócios

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias / Geral

Cuiabá é a cidade que mais cresceu em número de unidades de franquias em 2019

Da Redação - José Lucas Salvani

11 Nov 2019 - 16:21

Foto: Internet

Cuiabá é a cidade que mais cresceu em número de unidades de franquias em 2019
Cuiabá é a cidade que mais cresceu em número de unidades de franquias durante o primeiro semestre de 2019, de acordo com um estudo da Associação Brasileira de Franchising (ABF), que analisa 30 municípios do Brasil. Apesar do crescimento de 20%, a capital mato-grossense ocupa da 25ª posição, quatro acima se comparado ao mesmo período de 2018.

Leia mais:
Lojas de Cuiabá e VG funcionarão até mais tarde na Black Friday e no mês de Natal

As cidades que, além de Cuiabá, apresentaram maior variação em unidades no período analisado foram: Santo André (17%) e Sorocaba (14%), no estado de São Paulo; Londrina (13%), no Paraná; e São José do Rio Preto, SP (13%).

No total, o município tem 642 unidades de franquias espalhadas, já em 2018 a marca chegava em 534 unidades. O estudo da ABF aponta que o crescimento se deu pela abertura de um shopping na cidade.

O levantamento indica que os segmentos que registraram maior variação em Cuiabá no período foram: Limpeza e Conservação (44%), Moda (40%), Comunicação, Informática e Eletrônicos (40%).

Já os segmentos que representaram 77% do aumento do número de operações na capital mato-grossense nos semestres analisados foram:  Moda, que cresceu 40%, Alimentação (12,8%), Serviços e Outros Negócios (37%) e Saúde Beleza e Bem-Estar (14%).

O estudo mostra que dentre os 30 municípios brasileiros com maior número de marcas de franquias presentes, 17 são capitais (56,7%) e dentre estas, 33% são das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Porém, duas cidades, não capitais, estrearam no ranking das Top 30 nesse quesito: Londrina, no interior do Paraná, e Santos, no litoral paulista.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet