Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 12 de maio de 2021

Notícias / Economia

incentivo

Consumo de carne suína é incentivada por campanha

Da Redação - Victor Cabral

14 Set 2012 - 16:50

Foto: Reprodução

Consumo de carne suína é incentivada por campanha
Para aumentar o consumo de carne suína no país até 2015, produtores, supermercados e açougues aderiram a campanha “Semana Nacional da Carne Suína”, promovida pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS).

A campanha conta com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). O incentivo se dá por conta do consumo interno baixo, que é estimado em 15,1 kg, onde apenas 3% se referem a carne in natura. Já a média mundial é de 39 quilos por habitante/ano.

Ainda é pretendido atingir supermercados de todo o Brasil, garantindo maior espaço para a carne suína nas gôndolas do varejo, além de reestruturar o formato do produto, tornando-o mais prático.

A intenção ainda é aprimorar a apresentação nos pontos de venda, oferecendo uma consistente diversidade de cortes, criando opções dissociadas de gordura.

Haverá capacitação profissional para açougueiros, por meio do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS). Os funcionários iriam desenvolver diversos cortes suínos.

Paradigma

A campanha ainda pretende, de acordo com a assessoria de imprensa, quebrar o paradigma dos clientes em relação à carne suína. O argumento para o baixo consumo seria a visão da população de que a carne suína é um produto questionável para a saúde humana.

Para o presidente da ABCS, Marcelo Lopes, a Semana vai ao encontro da meta estabelecida pela entidade de alcançar o consumo médio de 18 quilos per capita até o final de 2015.

“Essa é uma conquista para o setor de suínos, uma iniciativa que trará resultados representativos para o consumo de carne suína no Brasil e que, com o apoio do MAPA, da ABRAS e Abipecs, aumentará as possibilidades de tornarmos o Brasil um grande país consumidor de carne suína”.

O diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, acredita nas oportunidades de ganhos que inclusão de novos cortes de carne suína pode oferecer ao setor supermercadista. “A campanha pode ainda fidelizar consumidores, trazer um diferencial às gondolas de carnes e capacitação aos profissionais das redes participantes”, comenta.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet