Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Notícias / Agronegócio

AGRODAY

Instituto realiza ação e leva mais de 100 alunos e professores à fazenda para viver dia do agro

Da Redação - Vinicius Mendes

14 Set 2019 - 08:40

Foto: Reprodução

Instituto realiza ação e leva mais de 100 alunos e professores à fazenda para viver dia do agro
O Instituto farmun realizou nesta sexta-feira (14) o primeiro Agroday, na Fazenda Filadélfia, em Campo Verde (a 140 km de Cuiabá). Participaram da ação cerca de 150 pessoas, entre alunos e professores de cinco escolas, além de convidados. O intuito foi proporcionar a vivência na fazenda durante um dia.

Leia mais:
Setor do agro inova ao investir em instituto que promove a cultura de conhecimento no Estado

Os professores e alunos das cinco escolas dos municípios de Cuiabá, Poconé e Campo Verde foram levadas pela Farmun de ônibus até a sede da Fazenda Filadélfia, do fazendeiro José Maria Bortoli, do Grupo Bom Futuro, um dos parceiros da Farmun. Bortoli disse que ações como estas são importantes para que as pessoas possam ter uma visão isenta sobre a realidade das fazendas.

"É importante o agro envolver a educação, porque muita gente não sabe o que é o agro. Estamos aqui já faz uns 20 anos, nessa região, e as pessoas não sabem que para se dar bem temos que cuidar da terra. O mal caráter não tem vida longa, na agricultura quem não cuidar da terra é  mal caráter, vai se dar mal, é isso que eu penso. E há muita desinformação, pra quem vive e vê parece uma piada, então as crianças, professores e a sociedade como um todo tem que se envolver e saber da real situação".

Durante o dia os alunos e professores participaram de palestras sobre as avançadas tecnologias utilizadas hoje na agricultura, além de conhecerem as instalações, a estrutura e a realidade da vida dos funionários na fazenda. Uma das diretoras da Farmun, Gislayne Scheffer, disse que a intenção foi justamente esta, proporcionar a oportunidade de que as pessoas vissem com seus próprios olhos a rotina da fazenda.

"Vemos que o que passa na mídia às vezes não é como nós vemos, então queremos esta aproximação para que a sociedade tenha uma visão isenta, tendo vivência, experiência, para discutir junto novas soluções para os reais problemas", disse Gislayne.

O Farmun foi fundado em abril deste ano e já conseguiu formar algumas parcerias, como com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), e também com a AgroBravo, Bom Futuro, Scheffer Agrobusiness, Aprosoja, Ampa e Agroligadas. O secretário Nilton Borges Borgato, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), esteve no Agroday e parabenizou a iniciativa da Farmun, reconhecendo que a aproximação do agro com a sociedade é imortante.

A ideia é tirar a imagem de que o agro é destruidor, prejudica, traz coisas ruins para a nossa sociedade. Nós vivemos da agricultura, o que seria do nosso Estado se não fosse o agronegócio, se não fosse a renda que nos traz nós não teríamos condições de ter as escolas, a saúde, ter a estrutura que nosso Estado tem hoje, e de ser um Estado propulsor do grande desenvolvimento da nossa nação brasileira. Nós precisamos ter orgulho de ser mato-grossenses, ter orgulho de ter o agro aqui", disse.

"Os alunos também acharam positiva a experiencia. A estudante Luíza Ribeiro disse que ações como esta são "importantes, porque ás vezes nós que vivemos na cidade não temos esta oportunidade de ver, e isso é um tema importante, por tudo que estamos vendo na TV e na internet, então eu achei muito bom, da a oportunidade para nós termos várias ideias".

Fundado por Letícia Scheffer, Aline Bortoli, Gislayne Scheffer, Nayara Scheffer e Kleidimara Pessoa, que cresceram nas fazendas, o Farmun acredita que esta aproximação com as escolas pode trazer grandes  benefícios. O Agroday foi apenas a primeira ação, mas o instituto planeja trabalhar mais em busca deste objetivo.

"A gente tem muito trabalho pela frente, o Agroday é o primeiro projeto que buscou trazer os professores e os alunos para conhecerem esta realidade, porque entendemos que é as próximas gerações que trarão os novos avanços", disse Gislayne.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet