Olhar Agro & Negócios

Sábado, 27 de novembro de 2021

Notícias / Logística

CONTORNO NORTE

Governo deve construir mais quatro viadutos e uma trincheira no Rodoanel; veja anteprojeto

Da Redação - Erika Oliveira

16 Jul 2018 - 16:50

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Governo deve construir mais quatro viadutos e uma trincheira no Rodoanel; veja anteprojeto
O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) em Mato Grosso, Orlando Fanaia Machado, apresentou para a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM), o anteprojeto do Contorno Norte de Cuiabá e Várzea Grande (Rodoanel). A obra tem um custo inicial estimado em R$ 500 milhões e, conforme a nova versão, a baixada cuiabana deverá ganhar quatro novos viadutos, quatro pontes e uma trincheira na altura da Avenida Antártica.

Leia mais:
Governo altera projeto do Rodoanel que terá asfalto de concreto; licitação será em RDC

"Com o anteprojeto de implantação e melhoria viária do Contorno Norte avançamos para a etapa seguinte, que é a audiência pública, sucedida de licitação. A intenção é licitar a obra ainda nesse ano e concluir o projeto executivo", explicou Fanaia.  

O projeto passa pelas BR’s 163 e 364, em Várzea Grande, na altura do rio Pari e pelas BR’s 070, 163 e 364 em Cuiabá, na região do Sinuelo. Desconsiderados os processos burocráticos da obra em si, o projeto físico deve ser concluído em três anos.

Dos R$ 500 milhões previstos, R$ 110 milhões estão depositados em uma conta do Governo do Estado há 5 anos. Conforme Fanaia, a obra teve versão final do DNIT, mas é um projeto de autoria do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). "Os recursos já em caixa correspondem a 20% do orçamento global e são suficientes para o custeio de um ano de obras", garantiu.

A empresa que vencer a licitação terá prazo de seis meses para elaborar o projeto executivo da obra, via Regime Diferenciado de Contratação (RDC). O anteprojeto ainda deve ser apresentado ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

Para Lucimar, além de melhorar a trafegabilidade dentro dos municípios, a obra é importante porque cria um novo corredor comercial. "Sem contar que ainda temos obras como a duplicação da Av. Filinto Muller que integrará toda a região Oeste de Várzea Grande e que promoverá a interligação com a Rodovia dos Imigrantes, com a Rodovia Mário Andreazza, com a Av. Governador Júlio Campos e futuramente com o Contorno Norte, se tornando um marco no desenvolvimento de Várzea Grande e Cuiabá", destacou. 

“O maior ganho dessa obra, se pensada conjuntamente com a Imigrantes, será a melhor fluidez da produção agropecuária estadual que será melhor transportada, a custos menores, em tempo menor e com certeza, maior competitividade", pontuou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet