Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Geral

EM CUIABÁ

Segundo dia do AgroMT tem foco na produção de peixes

Da Redação - Fabiana Mendes

11 Jul 2018 - 18:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

AgroMT aconteceu no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro

AgroMT aconteceu no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro

O segundo dia do AgroMT 2018, que aconteceu nesta terça-feira (10), se iniciou com foco na produção de peixe e a piscicultura como um todo. Com uma programação e estrutura diferenciada, a feira reúne uma série de empresas, que mostram o que há de mais novo em produtos, serviços e tecnologias para o agronegócio.

Leia mais:
Na AgroMT, estande do Sicredi faz atendimentos a associados e apresenta cooperativismo de crédito


Segundo informações da assessoria de imprensa, de início foi ministrada aos presentes uma palestra sobre o mercado do peixe na região sudeste, logo após deu-se início no fórum das cadeias produtivas a cadeia produtiva da piscicultura, um painel de discussões com convidados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado Mato Grosso (Indea), Assembleia Legislativa, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e Secretaria de Estado Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).

No meio da manhã, ocorreu na feira a palestra sobre a olericultura (cultivo de legumes), com o palestrante Senilo Santana da Silva. Depois, a fruticultura foi tema no fórum e os participantes presentes puderam presenciar outra palestra, essa ministrada pelo João Valente.

Após o intervalo o AgroMT proporcionou aos presentes, a chance de assistir ao jogo da semifinal da copa do mundo. Além da possibilidade de visitar todo o parque de exposições, que contém estandes com produtos expostos de empresas parceiras.

O AgroMT 2018 acontece até a próxima quinta-feira, dia 12 de julho, no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro. Além das oportunidades de negócios, a programação da feira inclui painéis que apresentarão temas relacionados à agricultura, pecuária, pequenas propriedades, questões judiciais e o futuro do agro.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet