Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Notícias / Agronegócio

Taques avalia que investimento de quase R$ 3 bi do Banco do Brasil em Mato Grosso pode ajudar na recuperação da crise

Da Redação - Viviane Petroli

27 Mar 2017 - 15:50

Foto: GCom/MT

Taques avalia que investimento de quase R$ 3 bi do Banco do Brasil em Mato Grosso pode ajudar na recuperação da crise
O governador de Pedro Taques acredita que a disponibilização do Banco do Brasil de R$ 2,948 bilhões em linhas de crédito do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) podem trazer um grande impacto para a economia de Mato Grosso, além de auxiliar na recuperação da crise, fomentando assim a criação de novos empregos e a manutenção dos postos de trabalho existentes.
 
O Banco do Brasil iniciou nesta segunda-feira, 27 de março, a Caravana Banco do Brasil FCO. Diversos municípios do Estado serão percorridos.

Leia mais:
Banco do Brasil oferece novas linhas de crédito do FCO para MT desenvolver projetos
 
Na avaliação do chefe do Poder Executivo, que participou do primeiro encontro, os recursos e vantagens da linha de financiamento do FCO são importantes para a economia de Mato Grosso. Taques destacou ainda que o Governo do Estado será parceiro da instituição financeira na busca de empreendimentos que possam ser financiados pelo fundo.
 
“Precisamos combater a crise com desenvolvimento. Só vamos conseguir o desenvolvimento com recursos, daí a importância do FCO”, afirma Taques.
 
Ainda segundo Pedro Taques, o Mato Grosso está presente na Caravana do Banco do Brasil por entender que o Estado tem que ser fomentador e afastar a burocracia e não ser um agente atrapalhador do desenvolvimento.
 
“A Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedec) estará com o Banco do Brasil e também o Desenvolve MT, antigo MT Fomento, com linhas de crédito, para que possamos trazer a paz, como sinônimo de desenvolvimento. Precisamos de rapidez, o empresário e o produtor rural sabem fazer, mas eles precisam de recursos rápidos para investir e gerar empregos”, disse Taques.
 
O vice-presidente de governo do Banco do Brasil, José Eduardo Pereira Filho, destaca que a instituição busca dar visibilidade para as linhas de financiamento do FCO e que é possível bater recorde de concessão de empréstimos em Mato Grosso esse ano.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet