Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Notícias | Agricultura Familiar

tambacu e tambatinga

Alevinos são comercializados pela Empaer a R$ 330 o milheiro; vendas até maio

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Alevinos são comercializados pela Empaer a R$ 330 o milheiro; vendas até maio
Alevinos de três até dez centímetros de tambacu e tambatinga estão sendo comercializados entre R$ 230 e R$ 330 o milheiro pela Estação de Piscicultura e Suinocultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), localizada no município de Nossa Senhora do Livramento. A venda será realizada até o mês de maio.

Leia mais:
Empresa oferece R$ 5,4 mi para realizar obra de prédio da Empaer
 
A comercialização ocorre, segundo a Empaer, todas às sextas-feiras. Os alevinos são vendidos de três a cinco centímetros, cinco a oito e oito a dez centímetros. A previsão é que 800 mil alevinos sejam comercializados para recria e engorda até maio.
 
A Empaer explica que os alevinos são vendidos conforme o tamanho, variando de R$ 230 a R$ 330 o milheiro.
 
O chefe da Estação de Piscicultura e Suinocultura da Empaer, Antônio Claudino da Silva Filho, pontua que a espécie de peixe tambacu é considerada uma das mais importantes da piscicultura nacional , visto o seu desempenho ser superior e apresentar menor índice de gordura quando comparado às espécies tambaqui e pacu, das quais descende.
 
No momento da entrega, os compradores recebem orientações desde os cuidados com a soltura nos tanques ou represas até o abate.
 
O chefe da estação salienta que no momento da soltura dos alevinos na água é importante verificar a temperatura para aclimatização dos peixes, ajustando as mudanças com cuidado.
 
Mais informações sobre a comercialização de alevinos, conforme a Empaer, podem ser obtidas por meio dos seguintes contatos: (65) 99973-5421 ou 99606 0281.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet