Olhar Agro & Negócios

Domingo, 16 de janeiro de 2022

Notícias | Agronegócio

encontro no exterior

Ministro Blairo Maggi defende na Alemanha o fim de barreiras comerciais

Foto: Divulgação/Mapa

Ministro Blairo Maggi defende na Alemanha o fim de barreiras comerciais
O uso eficiente de recursos naturais e o fim de barreiras comerciais foram dois pontos defendidos pelo Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, na Alemanha. Outro ponto cobrado é que os demais países também tenham uma legislação mais ampla sobre a preservação ambiental.

Leia mais:
Apoio de Temer tem permitido que problemas do setor produtivo sejam resolvidos, afirma Novacki

Maggi participa em Berlim, na Alemanha, da 9ª Conferência de Ministros da Agricultura do Fórum Global para a Agricultura e a Alimentação (GFFA). No último sábado, 21 de janeiro, presidiu o painel "Excedentes da Água" para 80 ministros da Agricultura, onde destacou a importância da realização de investimentos em tecnologia e em inovação para aumentar a produção de alimentos, bem como a produtividade e aproveitar melhor os recursos hídricos.

O ministro da Agricultura do Brasil lembrou que “Até 2050, será necessário alimentar 9 bilhões de pessoas”.

De acordo com o Ministério da Agricultura, durante o painel houve concordância quanto à existência de impactos das mudanças climáticas na distribuição geográfica e temporal da água. Outro ponto com concordância refere-se à necessidade de desenvolver práticas de manejo, como uso eficiente da irrigação, drenagem e da infraestrutura.

Legislação ambiental

Na sexta-feira, 20 de janeiro, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, cobrou durante encontros bilaterais na Alemanha que os demais países também tenham uma legislação mais ampla sobre a preservação ambiental.

Maggi destacou que "Eu mesmo também sou produtor sustentável e sigo as normas ambientais". O ministro brasileira disse ao vice-ministro do Meio Ambiente da Alemanha, Jochen Flasbarth, que “muito diferentemente do que é comentado fora do Brasil, a agricultura do país tem avançado muito nos últimos anos respeitando o meio ambiente”.

Muito criticado, principalmente pelo desmatamento, o Brasil é o país com a legislação ambiental mais rigorosa do Mundo, tanto que possui cerca de 61% do seu território preservado. O ministro destacou que 41% da energia produzida hoje no Brasil é renovável, enquanto a média mundial é de apenas 13,5%.

“Nossos esforços precisam ser reconhecidos pelos mercados importadores”, declarou Maggi.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet