Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Agronegócio

Menos grão

Cargill desativa unidade de processamento de soja em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

17 Ago 2016 - 14:22

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Cargill desativa unidade de processamento de soja em Mato Grosso
A Cargill desativou o processamento de grãos de soja em Primavera do Leste. A empresa é uma das maiores exportadoras e esmagadoras da commoditie no Brasil. A interrupção seria em meio à escassez interna do grão e margens de lucro menores.

A informação é da Bloomberg e do O Globo. Além da unidade em Mato Grosso, também teria sido desativada a unidade de Três Lagoas no Mato Grosso do Sul.

Leia mais:
Exportações em Mato Grosso devem subir 8,9% em 2017; previsão para o PIB é de 2%

A Cargill está sediada em Minneapolis, nos Estados Unidos, e conta com seis fábricas no Brasil, onde a soja é utilizada para a produção de óleos vegetais e ração para animais.

A reportagem do Agro Olhar entrou em contato com a Cargill e foi informada, por meio de sua assessoria de imprensa, que não irá comentar o assunto.

O Brasil detém a segunda maior produção mundial de soja. Nesta safra 2015/2016 foram produzidas 95,4 milhões de toneladas, 0,8% a menos que as 96,2 milhões do ciclo passado, de acordo com a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). Os Estados Unidos é líder em produção de soja com uma safra estimada em 106 milhões de toneladas.

Mato Grosso é responsável por 26,03 milhões de toneladas do volume nacional, conforme a Conab. A produção mato-grossense é 7,1% menor que as 28 milhões de toneladas da safra 2014/2015.

Em julho, Mato Grosso esmagou 745,3 mil toneladas de soja, segundo boletim da soja do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). O volume é inferior as 828,6 mil toneladas do mês anterior e as 807,4 mil toneladas em 2015.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet