Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Agricultura Familiar

AL: Agricultura familiar é fortalecida através de cooperativas

Agência Alagoas

06 Ago 2015 - 14:40

O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, participou, no início da tarde desta sexta-feira (31), na cidade de Arapiraca, de seminário promovido pela União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), para apresentação das estratégias de fortalecimento de redes de comercialização institucional de produtos da área rural.

O evento foi realizado no auditório da Polo Agroalimentar de Arapiraca, localizado na comunidade rural de Bananeiras, e reuniu dezenas de representantes de cooperativas da agricultura familiar, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Alagoas, prefeituras e Banco do Nordeste.

Na ocasião, o vice-governador Luciano Barbosa destacou a parceria com o setor produtivo local e instituições de fomento para ampliar a integração com os programas federais. Tal aliança vai abrir ainda mais o mercado, além de fomentar a comercialização dos produtos do campo. Barbosa citou como exemplo a proposta de parceria com a Conab para a aquisição de alimentos destinados a escolas, hospitais e outros órgãos da administração estadual.

“Inicialmente, podemos garantir um percentual de 30% das compras dos alimentos diretamente dos agricultores familiares. Mas o objetivo do governador Renan Filho é ampliar esse número com a inclusão de outros órgãos, garantindo mais mercado para os pequenos produtores”, salientou.

Decreto

Ainda durante o evento, a coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do MDS, Hetel Leepkaln dos Santos, fez uma apresentação sobre a modalidade no seminário.

A representante do MDS lembrou do decreto publicado pela presidente Dilma Rousseff, estabelecendo o percentual mínimo de 30% para os órgãos do governo federal em adquirir produtos da agricultura familiar, sobretudo na Região Nordeste.

“É importante que gestores, cooperativas e agricultores familiares se apropriem das informações para que estejam prontos para a comercialização. Isso abrirá oportunidades de mercado para a agricultura familiar mais próximo dos locais onde os alimentos são produzidos”, disse Hetel Santos, destacando a medida apresentada no lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016.

A partir da publicação do decreto, serão destinados, em Alagoas, no mínimo, 30% dos recursos aplicados na aquisição de alimentos para produtos da agricultura familiar.

Segundo a coordenadora, está sendo lançada uma chamada pública do MDS e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) voltada para o Nordeste.

O edital disponibiliza R$ 9 milhões para a compra de produtos da agricultura familiar que compõe as cestas de alimentos (açúcar cristal, arroz, farinha de trigo, macarrão, farinha de mandioca, fubá de milho e feijão).

Ela adiantou que a chamada estará aberta para apresentação de propostas a partir de segunda-feira (3).

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e outras modalidades do PAA também foram debatidos no encontro. O seminário também abordou a importância da organização em cooperativas para acessar o mercado institucional.

A presidente da Cooperativa dos Agricultores Familiares do Agreste de Alagoas (Cooperal), Maria Alves, disse que a medida é muito importante para ampliar a produção de alimentos no campo e de geração de renda.

“A união das cooperativas, governo estadual e governo federal é fundamental para que essa iniciativa avance e os agricultores familiares tenham mais oportunidade de produzir mais e sustentar com dignidade suas famílias”, acrescentou a camponesa.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet