Olhar Agro & Negócios

Sábado, 04 de dezembro de 2021

Notícias | Energia

levantamento

Energia para indústria nacional sobe 11,5% em janeiro e é a 6ª mais cara dentre 27 países

Foto: Marcos Bergamasco/Secom-MT

Em Mato Grosso o custo da energia elétrica industrial é de R$ 468,71 MWh

Em Mato Grosso o custo da energia elétrica industrial é de R$ 468,71 MWh

O custo médio da energia elétrica para a indústria no Brasil subiu 11,5% em janeiro, sendo a 6ª mais cara dentre 27 países. O custo hoje é de R$ 402,26/MWh. Em 2014 Mato Grosso encerrou o ano com o MWh a R$ 468,71 como o 5º mais caro do Brasil.

O levantamento consta no estudo "Quanto custa a energia elétrica para a indústria do Brasil?", divulgado na última sexta-feira (09) pela Federação das Indústrias do estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Leia mais:
Mato-grossenses começarão 2015 com alta de 8,3% na conta de luz e ‘bandeira vermelha’
Indústrias de Mato Grosso pagaram R$ 240 mi em ICMS no ano de 2013

De acordo com o Firjan, 54,8% (R$ 220,60/MWh) dos R$ 402,26/MWh equivalem a Custos de Geração, Transmissão e Distribuição (GTD) e 24,1% (R$ 96,70/MWh) são tributos federais e estaduais (PIS/COFINS e ICMS). Já em custo médio ponderado das bandeiras tarifárias 10,2% (R$ 41,20/MWh), perdas técnicas e não técnicas representam 6,9% (R$ 27,80/Mwh) e encargos setoriais 4% (R$ 15,90/MWh).

O estudo revela ainda que o custo da energia para a indústria no Brasil é 46% superior à média dos países selecionados de R$ 275,74/MWh. O custo médio da energia industrial pertence à Índia em R$ 596,96 MWh, seguido da Itália a R$ 536,14 MWh. O mais barato, conforme o Firjan, está na Argentina a R$ 57,63/MWh.



Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet