Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias / Economia

desenvolvimento

Cedem aprova R$ 384,5 mi em investimentos para cerca de 100 projetos

Da Redação - Viviane Petroli

28 Ago 2014 - 10:24

Foto: Marcos Bergamasco/Secom-MT

Cedem aprova R$ 384,5 mi em investimentos para cerca de 100 projetos
Um volume de R$ 384,5 milhões em investimentos foram aprovados para Mato Grosso provenientes de aproximadamente 100 projetos. A expectativa é que sejam gerados, diante disso, 2,674 empregos diretos no Estado. Somente através de financiamento do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) R$ 135 milhões em investimentos devem ser injetados no Estado.

Os projetos foram aprovados durante a 45° Reunião Ordinária Conselho Estadual de Desenvolvimento Empresarial (Cedem), realizada na Secretaria de Indústria, Comercio, Minas e Energia (Sicme-MT).

Leia também
Mais de R$ 126,5 milhões em investimentos são aprovados para Mato Grosso

A maior parte, mais precisamente 75 cartas consultas, solicitaram pedido de financiamento do FCO. Juntas geram R$ 135 milhões de investimentos para Mato Grosso e uma geração de 642 enoregos diretos. De acordo com a Sicme-MT, o maior volume de investimento está em 16 projetos aprovados através do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Prodeic) que somam R$ 248,3 milhões e uma geração de 2.019 empregos diretos.

Por meio do Fundo de Desenvolvimento Empresarial e Comercial (Fundeic) projetos de quatro empresas conseguiram, juntos, R$ 520 mil para investimentos. Tal recurso é voltado, explica a Secretaria, para às micro e pequenas empresa.

Em julho o Cedem havia aprovado investimentos de R$ 126,5 milhões provenientes de 98 cartas consultas. Na ocasião três eram para o Porto Seco e nove para o Fundo partilhado de Investimentos Social (Fupis). Em julho foram aprovadas ainda duas reservas de área para o Distrito Industrial de Cuiabá. Em agosto foram quatro cartas consultas de empresas aprovadas para o Porto Seco.

"Esses números demonstram o interesse das empresas em investir no Estado e representa que a lei de incentivos fiscais está cumprindo seu objetivo", pontua o presidente do Cedem e secretário da Sicme-MT, Alan Zanatta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet