Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias / Economia

Estabilidade de preços do ovo é ocorrência típica deste período do ano

Avisite

20 Out 2012 - 11:47

Começa a incomodar, e muito, o fato de a cotação do ovo permanecer inalterada há exatos 50 dias. Como isso vem desde o final de agosto e tende a estender-se até o final deste mês, persiste o risco de fechar-se outubro com a mesmíssima média de preço de setembro passado. Que, por sinal, foi cerca de 8% menor que a de agosto e faz com que a remuneração oferecida ao produtor de ovos neste instante tenha retroagido aos mesmos valores (nominais) alcançados em março deste ano. Isso, sob condições de produção totalmente diversas das observadas naquela ocasião.

Mas, voltando à estabilidade de preços entre setembro e outubro, o fato parece ser inédito, mas não é. E a melhor indicação nesse sentido vem da média mensal registrada nos últimos 10 anos: o resultado mostra que no bimestre setembro-outubro a estabilidade é quase absoluta, sugerindo que não há nada de anormal na situação atual.

Resta saber, agora, se aquele “comportamento decenal” vai se repetir no bimestre final do ano, período em que as altas são retomadas.

Ressalte-se, aqui, que no primeiro semestre de 2012 o desempenho do ovo acompanhou, quase à risca, o comportamento decenal. Isso mudou na passagem para o segundo semestre por imposição das condições de produção. Assim, os preços dos últimos quatro meses fogem à média decenal. Mas o que em outras situações poderia ser considerado um ganho continua insuficiente para remunerar adequadamente o setor produtivo.


Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet