Olhar Agro & Negócios

Sábado, 04 de dezembro de 2021

Artigos

​Bons ventos para os negócios digitais

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou muitas adversidades. Crises políticas, econômicas, sociais e sanitárias. A pandemia da Covid-19 desestabilizou a economia e fez com que todos transformassem hábitos, conceitos e atitudes para lidar com os novos desafios. Nesse contexto, o mercado digital teve o seu crescimento acelerado, principalmente em função do home office e do isolamento e distanciamento social.

Para se ter uma ideia, em 2020, o e-commerce brasileiro obteve um faturamento de R$ 126,3 bilhões, segundo dados da NeoTrust, uma das principais fontes para quem trabalha com mercado digital. Esse estudo revelou, ainda, que 47%, ou seja, quase metade dos brasileiros fizeram sua primeira compra on-line no ano passado, inclusive, faço parte dessa estatística, pois até então, não havia feito nenhuma compra pela internet.

A pesquisa ‘Perfil do E-Commerce Brasileiro’, realizada pelo PayPal Brasil em parceria com a BigDataCorp, revela que em 2021, o Brasil alcançou a marca de 1,59 milhão de lojas on-line, alta de 22,05% na comparação com 2020. Com o avanço, é possível afirmar que o consumidor brasileiro está se familiarizando com as compras on-line e, consequentemente, gerando um volume expressivo nas vendas. 

Ciente da importância e da evolução do e-commerce, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-MT) tomou a decisão de lançar um produto inovador, que será um divisor de águas para o comércio mato-grossense. A ideia é contribuir para alavancar os negócios principalmente de pequenas e médias empresas que, muitas vezes, são carentes em investimentos de tecnologia.

A Feshop que será lançada no próximo dia 6 de novembro, durante o maior evento de startups do mundo, o Sturtup Weekend Retail, é uma loja virtual que concentrará uma infinidade de produtos dos comerciantes do nosso estado. Será a primeira plataforma on-line criada por uma federação, onde contemplará todo o ecossistema de vendas, com soluções integradas com mídias sociais, Chatbot de WhatsApp, logística de frete e pagamento por meio de link e QR Code. 

Com esta ação, a federação, que é maior entidade representativa do comércio, pretende ficar ainda mais próxima dos comerciantes, investindo na evolução digital e contribuindo para que as empresas também tenham uma conexão ainda mais próxima com o seu cliente. Para os negócios que ainda não migraram para o digital, essa é uma grande oportunidade para o empreendedor garantir presença e obter os benefícios desse mercado. 


José Wenceslau de Souza Júnior é presidente da Fecomércio, Sesc, Senac, IPF e Sindcomac em Mato Grosso, e comerciante há mais de 40 anos. 
Sitevip Internet