Olhar Agro & Negócios

Domingo, 05 de julho de 2020

Notícias / Geral

Grupo São Benedito bate recorde de vendas em 2019 e alcança crescimento superior a 27%

Da Redação - Vinicius Mendes

08 Jan 2020 - 16:28

Foto: Reprodução

Grupo São Benedito bate recorde de vendas em 2019 e alcança crescimento superior a 27%
Uma das maiores construtoras da região Centro Oeste, o Grupo São Benedito alcançou um crescimento superior a 27% em 2019, se comparado ao ano anterior.  Apesar do ano que classificou como trabalhoso, o resultado foi um total de 250 unidades vendidas
 
Leia mais:
TJ homologa licitação para climatização e reforma do Fórum de Cuiabá por R$ 15,4 milhões; veja projeto
 
A empresa afirma que alcançou esta marca com estratégica, segurando lançamentos e trabalhando condições especiais, com holofotes em seu estoque, com produtos diferenciados e recém-entregues para um público alto padrão.
 
“Ficamos acima da média nacional em fechamento de negócios, de cada 10 propostas quatro foram fechadas. O cenário econômico contribuiu para o nosso fortalecimento, com redução de taxas de juros e um ambiente mais seguro para transações em longo prazo, porem nossa marca e a nossa política comercial representou o terceiro item deste cenário, isso quer dizer que o Grupo São Benedito conseguiu contribuir fortemente com a recuperação da construção civil por oferecer produtos diferenciados e condições exclusivas. O mercado está exigente, quem não consegue atender os anseios do cliente perde espaço neste disputado setor”, define Heitor Barua, gerente de planejamento do Grupo São Benedito.
 
Para 2020 a projeção do Grupo é ter celeridade em vendas ainda na planta. Esta realidade é pautada no fato, de que hoje a empresa segue com estoque baixíssimo, quase sem oferta de produtos, dentro de um contexto altamente relevante; em seis anos foram lançados e entregues mais de 10 empreendimentos de alto padrão, revelando o poderio construtivo da empresa.
 
“Estamos voltados agora para lançar novos produtos, com perfil diferenciado para atender lacunas do mercado, ainda guardamos os detalhes a sete chaves, porem devemos anunciar os empreendimentos em breve. O otimismo não poderia ser maior, frente ao cenário afirmativo em todo o país, o próprio presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, acredita que o setor deve crescer 3% este ano, o que representa um potencial para criação de 150 a 200 mil postos de trabalho nos primeiros meses do ano, claro que em todo o país, porem não devemos esquecer, que se tratando de regiões, Cuiabá tem maior representatividade na construção civil do Estado, concentrando aqui uma grande fatia de investimentos pesados”, explica Fábio Reuter, gerente comercial do Grupo São Benedito.
 
Esta projeção de crescimento para 2020tem forte respaldo nos juros baixos e inflação controlada, esta composição que dita a velocidade de negócios favoreceu o Grupo São Benedito fortemente nos últimos 4 meses com condições comerciais especiais e atrativas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet