Olhar Agro & Negócios

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias / Logística

Mato Grosso tem gasolina e diesel mais caros e etanol mais barato do Centro-Oeste

Da Redação - José Lucas Salvani

28 Nov 2019 - 16:35

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mato Grosso tem gasolina e diesel mais caros e etanol mais barato do Centro-Oeste
O estado de Mato Grosso possui o etanol mais barato da região Centro-Oeste, com R$ 2,729 o litro. Todavia, possui a gasolina, diesel e diesel S-10 mais caros da região, que são vendidos por R$ 4,676, R$ 4,145 e R$ 4,25, respectivamente, o litro. Os dados são referentes ao mês de outubro e foram divulgados pelo Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

Leia mais:
Preço da gasolina e diesel sobem em Mato Grosso, mas etanol registra o menor valor do Brasil
 

O estado de Goiás possui os diesel e diesel S-10 mais baratos, por R$ 3,839 e R$ 3,942. A gasolina mais barata fica no Distrito Federal (DF) pelo valor de R$ 4,399. Já o etanol mais caro está sendo comercializado por R$ 3,551, o litro, em Mato Grosso do Sul.

Em relação ao Centro-Oeste, a região possui o litro mais barato no valor-médio, pelo terceiro mês consecutivo. Com o litro comercializado a R$ 3,157, o valor chega a ser 17% menor que a média encontrada pelo combustível nos postos do Norte, que foi de R$ 3,826. No último mês, a gasolina e o diesel registraram alta de 1% e 2,5%, respectivamente.
 

"Quando analisamos os dados do último IPTL, percebemos que a região também concentra o Estado que apresentou a maior variação no preço médio do etanol, que nos postos de Goiás foi de 4,37%. Por lá, o valor do litro do combustível saiu de um patamar de R$ 2,950, registrado em setembro, para R$ 3,079 no último mês", comenta o Diretor-Geral de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

No contexto nacional, os combustíveis registraram alta pelo segundo mês consecutivo nos postos de todo o Brasil. O gás natural veicular (GNV), o etanol e a gasolina apresentaram as menores variações, de 0,3%, 0,6% e 1%, respectivamente, enquanto o valor do litro do diesel S-10 avançou 2,2%, e, do diesel comum, 2,4%. Com o novo aumento, o preço do diesel alcançou o maior valor médio do ano, vendido a R$ 3,913, média que alcança o preço identificado nas bombas em maio de 2018, durante o pico da crise de abastecimento que afetou o País.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que traz grande índice de confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Patropi
    29 Nov 2019 às 07:23

    Conversa fiada, todo e qualquer combustível em Mato Grosso é um absurdo de caro

Sitevip Internet