Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Notícias / Tecnologia

Projeto de Centro de Excelência e Assistência Técnica Rural de Campo Novo será apresentado em Cuiabá

Da Redação - Laura Petraglia

26 Mar 2014 - 18:25

Foto: Divulgação

Projeto de Centro de Excelência e Assistência Técnica Rural de Campo Novo será apresentado em Cuiabá
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) irá apresentar esta semana em Cuiabá o projeto do Centro de Excelência em Educação Profissional e Assistência Técnica Rural - Grãos, Fibras e Oleaginosas, que será implantado no município de Campo Novo do Parecis com capacidade para atender aproximadamente 300 alunos por turno.

De acordo com o presidente do Sistema Famato/Senar, Rui Prado, o Centro de Excelência fortalecerá a identidade do Estado de Mato Grosso como referência nas cadeias produtivas voltadas a Grãos, Fibras e Oleaginosas.

Neri Geller sai em defesa de Dilma e diz que rejeição do setor produtivo de MT ao PT é coisa do passado

A apresentação será feita durante evento promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) em parceria com o Senar Central, entre os dias 25 e 27 de março na sede da instituição.

"A temática desse Centro foi escolhida pela aptidão do Estado do Mato Grosso para essas cadeias produtivas. Por todo o Brasil teremos Centros voltados para a bovinocultura de corte e leite, cafeicultura, cana de açúcar, fruticultura, palma de óleo, carpinovinocultura e silvicultura", cita.

De acordo com a analista de Projetos Técnicos do Senar-MT, Samantha Garcia, o primeiro produto a ser oferecido pelo Centro de Excelência será o Curso Técnico em Produção de Grãos, Fibras e Oleaginosas. "Os cursos de educação formal técnica do Senar são capacitações de nível médio, que tem o objetivo de qualificar o participante com conhecimentos teóricos e práticos nas diversas atividades do setor produtivo", informa.

Segundo ela, o acesso imediato ao mercado de trabalho é um dos propósitos daqueles que buscam esses cursos, além da perspectiva de requalificação ou mesmo a reinserção no setor produtivo.
“Também será um espaço oportuno para formação inicial e continuada e qualificação profissional de produtores e trabalhadores rurais, e ainda uma excelente infraestrutura para qualificação profissional de instrutores do próprio Senar. A expectativa é que em breve os Centros ofereçam também Ensino técnico e superior à Distância”, afirma.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet